Tratamentos estéticos com plantas Alegrete, Rio Grande do Sul

Quem nao lembra da vovo pegando algumas plantinhas para aliviar as dores, acalmar, dores de barriga, cicatrizae machucados...etc. Arnica, hamamelis e erva doce, entre muitas outras, hoje lotam as prateleiras das lojas de cosméticos em forma de loções. Veja mais no artigo abaixo.

Erna M. U. Brahm
(53) 3226-1404
r Arroio Grande, 1180, Laranjal
Pelotas, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
R. de O. Grings & Cia Ltda
(55) 3286-3577
r Pinheiro Machado, 2577, Centro
Santa Maria, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Armelin Comercio de Flores e Acessorios Ltda
(51) 3268-5020
av Wenceslau Escobar, 2415, Cristal
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Floricultura Adoro Flores
(51) 3490-6020
r Alexandrino de Alencar, 963 Lj 07, Morada Vale I
Gravataí, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Floricultura Bavaria
(55) 3222-2388
r José Bonifácio, 2401, Centro
Santa Maria, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Floricultura Campestre
(51) 3427-1473
r Boqueirão, 3331 lj 101, Estância Velha
Canoas, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Astrapeia - Floricultura e Comercio de Artesanatos Ltda
(51) 3223-1655
r Nunes, 575, Medianeira
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Floricultura Jardins da Aldeia
(51) 3421-3336
rod RS 030, 3630 pd 94, Sítio Sobrado
Gravataí, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Floricultura Benvenutti Ltda
(54) 3221-1220
r Pinheiro Machado, 2151, Lurdes
Caxias do Sul, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Beija Flor Floricultura
(51) 3468-5554
av 17 Abril, 303, Guajuviras
Canoas, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Tratamentos estéticos com plantas

Substâncias como a cânfora, usada em casos de dores, agora ajudam a queimar as gordurinhas

Enganou-se quem disse que as ervas dos remedinhos e receitas da época da vovó estão ultrapassadas. Arnica, hamamelis e erva doce, entre muitas outras, hoje lotam as prateleiras das lojas de cosméticos em forma de loções, xampus, cremes e óleos poderosos para o cabelo e para o corpo.

A atriz Suely Franco, que vive a Dona Benta no Sítio do Picapau Amarelo, é apaixonada pelos cheirinhos dos sabonetes de ervas. "Eles passam a sensação de produtos naturais. Gosto porque estes sabonetes deixam a pele bem macia", explica a atriz.

Na opinião da farmacêutica Mônica Marcinichen, o sucesso destes produtos feitos de ervas acontece porque a ciência descobriu que as receitinhas caseiras das vovós de fato fazem efeito.

"Depois de muitas pesquisas, ficou claro que os ativos destas ervas e dos sais tinham importantes funções para a saúde e para a beleza do corpo. E foi aí que se pensou em industrializá-los", explica ela.

EVOLUÇÃO

Joana Tavares, de 16 anos, é bem mais nova do que sua avó, Inara Dias, de 74. Há algumas semanas, as representantes das duas gerações tiveram um debate sobre a palavra cânfora.

"Quando falei para a minha avó que estava passando creme de cânfora no corpo, ela perguntou se eu estava com dor 'nas juntas'. Mas depois ela me explicou: antigamente, a cânfora era usada para aliviar a dor. Hoje, é usada para queimar as gordurinhas", conta Joana, que atualmente está fazendo dieta.

A farmacêutica Mônica Marcinichen explica: "A cânfora, que é um sal, já foi muito utilizada em casos agudos de dores. Mas hoje o creme desta substância ajuda a aumentar a circulação do corpo e acaba reduzindo a quantidade de gordura. Por isso, as mulheres gostam tanto".

O arroz também passou por mudanças. "Antes, as mulheres costumavam beber a água em que se cozinhava o arroz. Dizia-se que era bom para a saúde. Hoje, existem alguns cremes industrializados feitos de arroz que são clareadores, usados para tirar manchas da pele", diz a farmacêutica.

A arnica que antes servia para cicatrizar ferimentos, hoje combate rachaduras e hematomas da pele.

MIL E UMA UTILIDADES

A novidade da babosa (ou aloe vera), usada para hidratar o cabelo, é o suco da substância, feito com a polpa da planta. Ele contém alto teor de acemannan, que é a substância-base de todas as células do tecido conjuntivo.

A babosa também é usada para a pele: "No Hospital do Câncer, as loções à base de babosa são usadas para diminuir a sensação de queimadura que as crianças internadas sentem", explica Mônica Marcinichen.

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica