Automação comercial Porto Seguro, Bahia

No mundo dos smartphones, o QR-Code já está virando febre. Ele permite a inserção de links para o aparelho se conectar a algum site, inclusive para download direto de conteúdo. Conheca este aparelho melhor abaixo.

Laser Eletro Magazine
(71) 3329-9731
r Portão Piedade, 155 Barris
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
Mix Comercio e Manutencao Ltda
(71) 3329-2783
r Salete, 64, Tr, Barris
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
Lojas Maia
(71) 3267-8951
av Centenário, 2992 lj 236 an 2 Barra
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
Indústria e Comércio de Eletrônico Poly Zony Ltda
(75) 3481-4747
r Jasmim, 240, Mangabeira
Feira de Santana, Bahia

Dados Divulgados por
Depósito Lobato
(71) 3392-0298
r Ana Piedade, 6 Lobato
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
games
(75) 3422-6903
www.lojaalfainformatica.com.br
alagoinhas, Bahia
 
Ponto Ar Climatizacao Ltda
(71) 3328-5433
r Tuiuti, 214, Fds, Dois de Julho
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
Eletrométodo Rigaud Representação
(71) 3321-3687
av 7 de Setembro, 71 sl 303 São Bento
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
Rac Sistemas Eletronicos Ltda
(71) 3388-7946
r Porto Alegre,Cde, 47, Sl 201, Iapi
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
Lojas Insinuante
(71) 3242-7151
r Argentina, 1 Comércio
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Automação comercial

Qrcode, Codigo de Barras

No mundo dos smartphones, o QR-Code já está virando febre. Ele permite a inserção de links para o aparelho se conectar a algum site, inclusive para download direto de conteúdo. Funciona assim: você está passando na rua, vê um um outdoor com QR-Code, fotografa a imagem de dentro do carro através de seu smartphone, que reconhece o código e se conecta a algum site, que pode ter uma promoção específica para esse tipo de usuário. As possibilidades são inúmeras. Tem gerente de marketing surtando com tantas opções que podem ser usadas em campanhas de publicidade.

Quem já está usando

Um código de barras convencional permite incluir 13 dígitos numéricos, enquanto o QR-Code tem espaço para nada menos do que 7.089 dígitos alfa-numéricos, ou seja, ele armazena também letras.

Em São Paulo, quem compra ingressos para as sessões de cinema da rede Cinemark já encontra o QR-Code nos ingressos, que são lidos pelas catracas dos próprios cinemas. Na Alemanha e na Áustria, é comum encontrar nas ruas outdoors e pôsteres com QR-Code, que são fotografados por clientes e levados através do smartphone para promoções via internet.

“A vantagem do QR-Code é o fator surpresa. Ele tem um Q de mistério, o usuário não tem a menor de idéia do que vai encontrar lá, mas vai fazer de tudo para descobrir”, defendeu Rodrigo Braga, diretor executivo da Peopleway, agência brasileira de interatividade digital que está investindo pesado no mobile marketing através do QR-Code.

Como coloco no meu aparelho?

Não é qualquer smartphone que consegue ler um QR-Code. Primeiro, o aparelho precisa ter uma câmera. Depois, precisa ter um aplicativo, geralmente gratuito, que consiga “interpretar” a foto e decifrar o código.

Quem tem iPhone 3G, por exemplo, basta baixar o programa 2D Sense, na própria App Store. Quem tem um iPhone pré-3G pode baixar alguns arquivos “hackeadores” disponíveis na web, mas a própria Apple desaconselha a prática. Como já tivemos notícias de problemas causados por esses aplicativos, nem vamos citá-los aqui.

Os proprietários do N95, da Nokia, podem baixar o Quickmark, enquanto os donos de um BlackBerry Bold, só precisam instalar o Beetagg. Quem tem um HTC, tem duas opções: iNigma (para quem tem o Diamond, com Windows Mobile) e Barcode Scanner (para quem tem um G1, com Android).

Clique aqui para ler este artigo na Techlider