Técnicas para falar bem em público Brasília, DF

O medo de falar em público é a causa maior da dificuldade que as pessoas têm para se apresentar diante de uma platéia, mas não é o maior defeito de quem se apresenta em público. Lógico que o medo acaba acarretando inúmeros problemas de comunicação. Aprenda como se comunicar no artigo abaixo.

Agencia de Publicidade Dois Nove Meia
(61) 3307-1793
UNB, s/n bl A s 661/8 Campus Universitário
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Decisiva Agencia de Publicidade
(61) 3202-0912
r Setor Habitacional Taquari, s/n sl 114 A Sul
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Montadon
(61) 3327-7762
scrn 702/703 Bl C, s/n en 12 s 101Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Agencia Comunica Publicidade
(61) 3964-1500
Scln, s/n Qd 110, Bl A, Sl-102 Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Agencia Neuronio Publicidade
(61) 3349-1373
cln 116 Bl F, s/n sl 105 Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
DSP
(61) 3963-2929
snc 116 Bl E, s/n sl 111 A Sul
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Couto Propaganda e Marketing
(61) 3447-4477
cln 111 Bl C, s/n s 110 sl 109
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Diart Agencia de Publicidade
(61) 3202-2490
cln 116 Bl D, s/n lj 102 A Sul
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Central Midia
(61) 3322-5707
srtvs 70 bl 2/4 sl 324 Asa Sul
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Oitonos Propaganda e Marketing
(61) 9206-0738
r Quadra 08, 155 Condominio Parque Jardim Paineiras
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Técnicas para falar bem em público

O medo de falar em público é a causa maior da dificuldade que as pessoas têm para se apresentar diante de uma platéia, mas não é o maior defeito de quem se apresenta em público. Lógico que o medo acaba acarretando inúmeros problemas de comunicação. Por causa dele algumas pessoas falam baixo ou alto demais, ficam artificiais, agressivas, desarticuladas, aceleram a fala, ou diminuem até permanecer numa irritante monotonia, enfim sentem-se desconfortáveis e incompetentes para falar diante de um grupo de ouvintes.

Ocorre que o maior defeito de quem fala em público é não saber ordenar o pensamento. As pessoas, na sua imensa maioria, não sabem iniciar, desenvolver e concluir uma apresentação. Em determinadas situações entram diretamente no assunto central sem conquistar convenientemente a platéia, isto é, antes de conquistar a atenção, a torcida e a docilidade das pessoas. Em outros momentos esforçam-se para conquistar os ouvintes quando estes já estão devidamente preparados para ouvir, correndo o risco de desinteressá-los. Muitos passam de uma etapa para outra sem nenhum critério. No momento de encerrar voltam para o início, em seguida repetem os argumentos que já haviam sido criteriosamente expostos, que começam a enfraquecer pelo excesso de repetição.

Esse é um problema muito grave, pois sem saber como concatenar o raciocínio, dificultarão não apenas o entendimento dos ouvintes, como também sua própria exposição.

A seqüência é extremamente simples e pode ser assimilada e aplicada apenas com um mínimo de estudo e observação.

Na sua próxima apresentação siga estas etapas e dê maior organização a sua mensagem:
Faça uma introdução correta - Para conquistar a simpatia dos ouvintes inicie fazendo alguns elogios sinceros e apresente-se demonstrando de forma gentil como está envolvido com aquele ambiente e com tema que pretende desenvolver. Para conquistar a atenção logo nos primeiros momentos use uma frase de impacto, conte uma pequena história, levante uma reflexão ou mostre os benefícios que o público terá com o tema. Evite iniciar dando sua opinião sobre assuntos que possam contrariar os ouvintes. Comece concordando com os pontos comuns e depois de quebrar as resistências manifeste sua forma de pensar.

Prepare o assunto de forma conveniente - Comece essa segunda etapa contando qual o assunto que pretende desenvolver, o problema que deseja solucionar e as partes do assunto que tem intenção de cumprir. Sabendo qual o assunto que irá abordar, o problema a ser solucionado e as partes que serão cumpridas, os ouvintes acompanharão com maior facilidade sua exposição.

Aplique tudo o que foi preparado - Desenvolva o assunto proposto, solucione o problema e cumpra as etapas prometidas. É aqui, neste momento que você irá também apresentar seus argumentos. E se encontrar resistência dos ouvintes deverá refutar essas objeções. Finalmente a conclusão - Capriche no encerramento e reserve o momento de maior emoção para o final. Em uma frase ou duas comente qual foi assunto abordado e termine fazendo com que os ouvintes reflitam ou ajam de acordo com sua mensagem.

Esse é um plano simplificado e fácil de ser assimilado. Na sua próxima apresentação procure pôr esses conceitos em prática e descubra como fica muito mais fácil abordar qualquer tipo de assunto.

Embora seja muito simples assimilar a seqüência que acabo de sugerir, se mesmo assim você tiver algum tipo de dificuldade para aplicá-la, esquematize sua apresentação da seguinte maneira:
Conte sobre o que vai falar
Fale
Conte sobre o que falou.

Não é nenhuma brincadeira. É exatamente assim que um a boa fala deve ser esquematizada. Com essas três partes mais simplificadas ainda, você irá organizar e expor com tranqüilidade sua mensagem.

Clique aqui para ler este artigo na Portal CMC