Pesquisadores trabalham em ‘leitura da mente’ Porto Seguro, Bahia

Cientistas britânicos mostraram pela primeira vez que talvez seja possível ler a mente de uma pessoa apenas observando a sua atividade cerebral. Usando um um scanner moderno para medir o fluxo sanguíneo. Veja mais no artigo abaixo.

Pansonik Comercial Eletros Ltda - Me
(71) 3242-8807
r Miguel Calmon, 290, Comércio
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
Lojas Spicy
(80) 0016-8388
av Tancredo Neves, 148, QZ4 Lj 42, Pituba
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
W.v. Comercio Atacadista de Antenas Ltda
(75) 3488-2210
etr Gonçalo,S, 690, Prq Panorama
Feira de Santana, Bahia

Dados Divulgados por
EletrosMais.com.br
(71) 3289-5555
R MOISES DE ARAUJO, 488
LAURO DE FREITAS, Bahia
 
Mundo Eletronico Com Varejista de Prod Eletronicos Ltda
(71) 3243-9552
r Guedes de Brito, 21, Centro
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
Depósito Lobato
(71) 3392-0298
r Ana Piedade, 6 Lobato
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
games
(75) 3422-6903
www.lojaalfainformatica.com.br
alagoinhas, Bahia
 
Rac Sistemas Eletronicos Ltda
(71) 3388-7946
r Porto Alegre,Cde, 47, Sl 201, Iapi
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
Rhayrafa Comercial de Utilidade Domésticas Ltda
(71) 3321-3000
av Joana Angélica, 277 Nazaré
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
Tecnobal Equipamentos Eletronicos Ltda Me
(71) 3218-1544
r Rio Paraguaçu, 636, Itacaranha
Salvador, Bahia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Pesquisadores trabalham em ‘leitura da mente’

leitura da mente, máquinas, escanear cerebroCientistas britânicos mostraram pela primeira vez que talvez seja possível “ler” a mente de uma pessoa apenas observando a sua atividade cerebral.

Usando um scanner moderno para medir o fluxo sanguíneo, os pesquisadores afirmaram que foram capazes de dizer onde voluntários estavam localizados dentro de um ambiente de realidade virtual gerado por computador.

“De forma surpreendente, apenas de olhar os dados do cérebro podíamos predizer onde exatamente eles estavam”, disse Eleanor Maguire, do Wellcome Trust Centre for Neuroimaging, da University College London, a repórteres. “Em outras palavras, nós pudemos ‘ler’ a memória espacial deles.”

A descoberta abre a possibilidade de desenvolver máquinas para ler uma série de memórias, embora Maguire tenha dito que o risco de uma leitura da mente “intrusa” ainda está distante. Por outro lado, ela acredita que a descoberta, relatada na revista Cell Biology, ajudará os estudos sobre transtornos da memória, como Alzheimer, ao lançar luz sobre como a região cerebral do hipocampo registra as memórias.

Maguire e colegas usaram a tecnologia conhecida como imageamento por ressonância magnética funcional, ou fMRI (na sigla em inglês), e ilumina as regiões do cérebro quando elas são ativadas.

Ao escanear o cérebro de pessoas enquanto elas jogavam no computador um jogo de realidade virtual, eles foram capazes de medir a atividade de determinados neurônios no hipocampo, região conhecida por ser essencial para a memória e a navegação espacial.

Clique aqui para ler este artigo na Techlider