Multitoque já é coisa do passado Maracanaú, Ceará

Vamos ser francos: não entendemos essa mania de nomear produtos com um i antes do nome real. O iPhone é legal, tudo bem, mas é realmente preciso que tudo seja assim agora? Leia mais no artigo abaixo.

BB=CELL
85 2353 1178- 87017755
rua guilherme rocha n381
Fortaleza, Ceará
 

Multitoque já é coisa do passado

Ipoint, 3D, Cebit

Vamos ser francos: não entendemos essa mania de nomear produtos com um “i” antes do nome real. O iPhone é legal, tudo bem, mas é realmente preciso que tudo seja assim agora? Bom, ao menos um aparelho promete algo de realmente bacana ao invés de somente embarcar na moda: o iPoint 3D é uma daquelas maravilhas que queremos ter na sala de casa para mostrar para nossos amigos.

O modelo esteve na CeBIT, na Alemanha, em um estande da empresa Franhofer-Gesellschaft. Trata-se de uma TV LCD com a tecnologia 3D (daquelas sem óculos), com uma atração a mais: você pode manipular objetos em terceira dimensão com ela. Sem tocar, sem encostar, sem precisar manchar a tela com suas digitais gordurosas cheias de maionese.

Ela funciona com um sensor de reconhecimento (geralmente suspenso acima do usuário) e um par de câmeras embutidas. O efeito, imaginamos, seria parecido com o equipamento que o Tom Cruise utiliza no filme Minority Report.

O aparelho funciona muito bem, obrigado, sem nenhuma gambiarra. Um sensor de movimentos é colocado acima da cabeça, que transmite sinais para um computador próximo que, então, traduz os gestos para os movimentos na tela.

O exemplo utilizado na CeBIT foi o do jogo Pong, aquele mesmo, da era pré-Atari 2800, com a adição de movimentos horizontais também na “raquete”.

A inovação ainda não tem previsão nem de lançamento, nem de preço. Provavelmente é caríssima, mas assim é toda novidade no mundo da tecnologia. Ficamos de olho nesse promissor aparelho. Mesmo com esse nome.

Clique aqui para ler este artigo na Techlider