História da Oktoberfest - Conheça a cultura Alemã Luziânia, Goiás

Estude a cultura germânica através da origem da Oktoberfest no Brasil. Conheça as curiosidades desse evento tradicional. "Consagrada como a segunda maior festa alemã do mundo, a Oktoberfest é confraternização de gente de todas as partes", afirma o autor.

Sérgio Bandeira da Cruz
(41) 3276-0053
Av Mal Floriano Peixoto 5303 s 7
Gama, DF
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
João P C D Orto
(73) 3263-2533
Av Pres Getúlio Vargas 3817
Gama, DF
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Jorge Rosa
(49) 3643-0117
Av Salgado Filho 845
Gama, DF
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Salete Ziliani
(65) 3684-3316
Av Gov Júlio José Campos 3370
Gama, DF
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Sylvia A B M Abreu
(21) 2236-5372
Av NS Copacabana 680 s 607
Gama, DF
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
José Eduardo Guarita Cartaxo
(41) 3336-2010
Rua Francisco Rocha 1146 ap 702
Gama, DF
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
João P Moura
(73) 3531-3907
Pc Rui Barbosa 128 SL2
Gama, DF
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Maria H A Momo
(51) 3483-5144
Rua Nilzo Ramires 200 AP303
Gama, DF
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Ricardo Gomes Brito
(67) 3522-9775
Rua João Dantas Filgueiras 400
Gama, DF
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
André F Nogueira
(34) 3842-1163
Rua Tito Fulgêncio 43
Gama, DF
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

História da Oktoberfest - Conheça a cultura Alemã

A evolução do festival de cerveja mais famoso do mundo.

A Oktoberfest é um festival de cerveja e uma feira de produtos e diversões celebrada originalmente emMunique(München), no estado daBaviera(Bayern), no sul da Alemanha, e disseminada por vários lugares do mundo. Em Munique, a Oktoberfest se inicia em meados de setembro e termina duas semanas mais tarde, no primeiro domingo de outubro - daí o nome Oktoberfest (Em alemão, "Oktober" significa outubro, e "Fest", festa ou festival).

A primeira Oktoberfest de Munique, em 1810, nada tinha a ver com a multidão de turistas, enormes canecos de cerveja e o parque de diversões da actual festa na capital da Baviera. Naquela época, foi instituída uma corrida de cavalos para comemorar o casamento do príncipe herdeiro Luís, mais tarde rei Luís I da Baviera, com a princesa Teresa de Saxe-Hildburghausen.

A festa, para a qual estavam convidados todos os moradores de Munique, aconteceu num parque longe do centro, baptizado Theresienwiese, em homenagem à noiva. Ainda hoje, é neste mesmo parque que acontece a Oktoberfest de Munique.

O encerramento e ao mesmo tempo ponto alto da festa era a corrida de cavalos, com a presença da família real da Baviera. O enorme sucesso fez com que fosse marcada outra festa para Outubro do ano seguinte, e assim começou a tradição.

Tudo começou em 12 de outubro de 1810, quando o Rei Luis I, mais tarde Rei da Baviera, casou-se com a Princesa Tereza da Saxônia e para festejar o enlace organizou uma corrida de cavalos. O sucesso foi tanto, que a festa passou a ser realizada todos os anos com a participação do povo da região. Em homenagem à princesa, o local foi batizado com o nome de Gramado de Tereza.

A festa ganhou uma nova dimensão em 1840, quando chegou a Munique o primeiro trem transportando visitantes para o evento. Passaram a ser montadas barracas e promovidas várias atrações. Neste local apareceram também os primeiros fotógrafos alemães, que ali encontraram um excelente ambiente para fazerem suas exposições. A cerveja, proibida desde os primeiros anos, só começaria a ser servida em 1918. Logo depois, os caricaturistas já retratavam a luta pelos copos cheios de cerveja e pela primeira vez pode-se apreciar nas telas dos cinemas a festa das mil atrações.

Por conseqüência das guerras e pela epidemia de cólera, a Oktoberfest deixou de realizar-se 25 vezes. De 1945 até hoje, aconteceu ininterruptamente. E no coração do Brasil, exatamente em Goiânia, a Oktoberfest ganhou um novo seguimento. Isto aconteceu no Festival Gastronômico Cultural Alemão, com um clima de "Oktoberfest do Cerrado". Uma realização da embaixada da Alemanha, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e a Câmara de Indústria e Comércio Brasil-Alemanha. Com várias apresentações de grupos folclóricos e bandas, inclusive alguns genuinamente alemães.

Mas a mais importante e famosa é a Oktoberfest de Blumenau que atrai turistas do Brasil e do exterior, especialmente da Alemanha, mas também de países vizinhos da América do Sul e da América do Norte.

Inspirada na Oktoberfest de Munique, a sua versão blumenauense nasceu da vontade do povo em expressar seu amor pela vida e pelas tradições germânicas. Sua primeira edição aconteceu em 1984.

Consagrada como a segunda maior festa alemã do mundo, a Oktoberfest é confraternização de gente de todas as partes. A cultura germânica o turista confere pela qualidade da festa, dos serviços oferecidos, através de sociedades esportivas, recreativas e culturais, dos clubes de caça e tiro e dos grupos de danças folclóricas. Todos eles dão um colorido especial ao evento, nas apresentações, nos desfiles pelo centro da cidade e nos pavilhões da festa, por onde circulam, animando os turistas e ostentando, orgulhosos, os seus trajes típicos.

Os Desfiles na rua XV são uma das maiores atrações da festa, encantando a todos por sua riqueza cultural, apresentando carros de grupos folclóricos, de caça e tiro, a rainha e princesas da Oktoberfest, além das máquinas exóticas, bandas e fanfarras.

A manifestação da cultura popular Germânica através da Oktoberfest revela o respeito do brasileiro pela cultura dos demais povos do mundo.

E a atratividade dessa manifestação se dá de maneira notória e pacifica, já que muitos turistas de várias partes da região local, do Brasil, e também outros países são encontrados nesses Eventos.

A importância desse tipo de festividade para o aumento da demanda do turista é significativa. Muitas pessoas se deslocam para participarem da Oktoberfest, famílias inteiras se programam para confraternizarem com outras durante as festas, fazendo deste festival da cerveja um ponto de interação familiar, ambiente saudável e festivo.

 

Esio Rocha Santos

Estudante de Planejamento Turístico no IFG de Goiania.Mochileiro.

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com