Esclareça suas dúvidas sobre cirurgia plástica Manaus, Amazonas

A orientação dada ao paciente é fundamental. Tem como objetivo fazê-lo entender as limitações físicas que cada paciente possui na sua individualidade. Saiba tudo sobre cirurgia plastica neste artigo.

João BL Botelho
(92) 234-5609
bc Ribeiro, 520, sl 705, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Wellington Sampaio
(92) 236-1672
r Acre, 31, bl 31 b ap 3, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
João LP Machado
(92) 232-4559
bc Ribeiro, 620, sl 203, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Paulo MG Lobo
(92) 633-1764
r Ramos, 89, São José Operário
Manaus, Amazonas
 
Antônio Lg Matos
(92) 236-7505
av C Nery, 2240
Manaus, Amazonas
 
Roberto O Mello
(92) 232-3915
r C Azevedo, 9, sl 206
Manaus, Amazonas
 
Luciana SM Vieira
(92) 233-1878
r Ferreira, 1297
Manaus, Amazonas
 

Esclareça suas dúvidas sobre cirurgia plástica

“A orientação dada ao paciente é fundamental. Tem como objetivo fazê-lo entender as limitações físicas que cada paciente possui na sua individualidade”, destaca o cirurgião plástico Ruben Penteado São muitas as dúvidas e questionamentos dos pacientes sobre a realização de cirurgias plásticas. Um cuidado importante que deve ser observado pelo cirurgião antes da realização de qualquer intervenção cirúrgica é  o de esclarecer o paciente, elucidando todas as suas dúvidas. “A orientação dada ao paciente é fundamental. Tem como objetivo fazê-lo entender as limitações físicas que cada paciente possui na sua individualidade”, destaca o cirurgião plástico Ruben Penteado, diretor do Centro de Medicina Integrada, em São Paulo. O médico destaca que a busca por informações sobre cirurgia plástica cresceu muito nos últimos anos. “Temos seções de perguntas de leitores em diversas revistas femininas, além de sites e programas de rádio e TV que, basicamente, só abordam questões relativas à beleza. Todos estes novos canais de comunicação foram abertos em função da necessidade de informação sobre cirurgia plástica que a sociedade, hoje, demanda”, afirma. A seguir, o médico lista as principais dúvidas sobre  cirurgia plástica que chegaram às suas mãos no ano de 2008: - Os resultados de uma lipoaspiração são permanentes? Ruben Penteado - Os resultados obtidos numa cirurgia de contorno corporal, como a lipoaspiração, podem ser permanentes, desde que o paciente mantenha o peso, seguindo uma dieta equilibrada e realizando atividades físicas regulares. - É verdade que há mais homens realizando cirurgias plásticas? Ruben Penteado - O número de adeptos das cirurgias plásticas estéticas aumenta cada vez mais. Porém, o universo que um dia foi estritamente feminino, agora vem sendo “invadido” pelo público masculino. Os procedimentos mais realizados pelos homens são: cirurgia nas pálpebras, lipoaspiração e cirurgia de correção das orelhas. - Para que serve a blefaroplastia? Ruben Penteado - O maior objetivo da blefaroplastia é eliminar o excesso de pele e gordura ao redor dos olhos, fruto, em alguns casos, da carga genética de cada indivíduo. O excesso de gordura nos olhos poderá começar a aparecer entre 25 e 30 anos. O grau de intensidade do excesso de gordura ou de pele vai depender, sobretudo, da qualidade do tecido de cada pessoa e de fatores genéticos e características familiares. Há casos mais graves em que a pele da pálpebra superior chega a cair por cima dos cílios, ficando quase à frente da pupila, prejudicando a visão, situação em que se associam o caráter estético e o funcional da cirurgia. - Como saber qual a melhor cirurgia para o meu caso: a lipoaspiração ou a abdominoplastia? Ruben Penteado - A resposta exata para esta pergunta só pode ser dada após um exame físico, onde o cirurgião pode constatar a qualidade da pele e se existe flacidez no local. A lipoaspiração será indicada se a pele apresentar uma boa qualidade, sem flacidez. Já a plástica de abdome ou abdominoplastia é indicada sempre que houver um excesso de pele associada à flacidez. - É melhor realizar a lipoaspiração antes ou depois de seguir uma nova dieta? Ruben Penteado - Ao contrário do que muitos pensam a lipoaspiração não é feita para emagrecer, perder peso. É realizada para remodelar o corpo, retirar a gordura localizada e assim mudar o contorno corporal. A gordura retirada durante a cirurgia pode preencher outras áreas do corpo que apresentam depressão, o que chamamos de lipoescultura. As melhores candidatas à lipoaspiração são aquelas pacientes próximas do peso ideal e que apresentam gordura localizada de difícil perda com dietas. Portanto, deve-se fazer a dieta para perda de peso antes da lipoaspiração, e após o procedimento, para manutenção do peso alcançado. - Numa lipoaspiração, quantos litros de gordura posso retirar? Posso fazer várias lipoaspirações até atingir o peso ideal? Ruben Penteado - A lipoaspiração é um procedimento médico para definir o contorno corporal e não é um método de emagrecimento. O Conselho Federal de Medicina definiu que pode ser retirado até 7% do peso corporal da paciente e todos devem seguir essa recomendação. Somente o cirurgião plástico pode avaliar a elasticidade da pele para perceber se podem ser realizadas mais intervenções. É muito importante respeitar o intervalo de seis meses a um ano entre cada procedimento. - Fiz uma lipoaspiração e fiquei com fibroses. Como resolver este problema? Ruben Penteado - As fibroses são uma espécie de cicatriz interna e para evitá-las é necessário que o profissional utilize cânulas mais delicadas, e no pós-operatório, o paciente deve usar a cinta modeladora e realizar a drenagem linfática com ultra-som. Há também a pré-disposição individual de cada paciente que pode interferir no resultado da cirurgia. Quando se inicia a formação da fibrose há medicamentos injetáveis, cremes e pomadas que irão atenuar e até inibir sua formação. Porém, uma vez instalada uma fibrose mais intensa é necessário uma nova lipoaspiração com cânulas especiais para esta finalidade, e não com a intenção de retirar a gordura, mas quebrar a fibrose e realizar um enxerto de gordura para regularizar a área acometida. - Qualquer cirurgia plástica pode ser feita com anestesia local? Ruben Penteado - Nem todas as cirurgias podem ser realizadas com anestesia local e esta nem sempre é a escolha mais segura. Em alguns casos, para se realizar uma cirurgia sob anestesia local, temos de utilizar uma quantidade de anestésico muito maior que a dose máxima de segurança, o que a transforma em um procedimento com mais riscos do que se fosse realizada com anestesia geral. Na realidade, uma mesma cirurgia pode ser realizada com vários tipos de anestesia sem perder a segurança. A escolha do tipo adequado deve ser feita pelo cirurgião e por um anestesiologista, de acordo com o procedimento, a área a ser operada, as condições clínicas do paciente e a própria experiência dos profissionais. - Tenho problema de quelóide e gostaria de saber quais cuidados devo tomar antes e após uma cirurgia para evitar o agravamento do quadro? Ruben Penteado - Caso a cirurgia seja realizada no local onde já existe a quelóide, os cuidados incluem: uso de malhas elásticas compressivas ou placas de silicone gel por cima da lesão e o uso de corticoesteróides no quelóide para diminuir seu tamanho para a cirurgia. Após o procedimento, para prevenir o aparecimento de novas marcas, é possível diminuir a movimentação do local para evitar tensão na cicatriz; fazer sessões de betaterapia, além das já citadas malhas e placas de silicone ou uso de corticóides dentro da lesão. - Alguns cirurgiões indicam a colocação da prótese de silicone atrás do músculo dos seios e outros, não. Como saber qual a melhor opção? Ruben Penteado - As próteses podem ser colocadas em duas posições: retroglandular, entre a glândula e o músculo peitoral; ou retromuscular, atrás do músculo peitoral. A mais utilizada é a primeira, que confere um resultado mais natural. Porém, o índice de contratura capsular é maior com essa técnica. Já na técnica retromuscular, a prótese fica envolvida por uma quantidade maior de tecidos, dando maior sustentação e as contraturas, quando acontecem, são menos evidentes. Para saber o que é melhor no seu caso, é preciso consultar um especialista. - Quantos meses após o parto pode ser feita a lipoaspiração? Ruben Penteado - Depois que a mulher dá a luz, deve ser respeitado um período de resguardo para que o corpo volte ao normal naturalmente. A pele retrai o excesso atingido durante a gestação e recupera suas propriedades normais. Quanto à gordura, sua distribuição corporal deve ser normalizada e em relação à musculatura abdominal, que se separa durante a gestação, é preciso esperar seu reposicionamento. Geralmente, esperamos um prazo de seis meses para ter condições de avaliar corretamente a paciente.

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica