Entenda sobre a depressão pós-cirurgia plástica Manaus, Amazonas

Os sinais de depressão pós-cirurgia plástica têm que ser identificados e também quando ela ocorre depois de qualquer outro tipo de cirurgia. Muitos pacientes têm um sentimento de tristeza, fadiga e falta de interesse, que começam cerca de três dias após a cirurgia e podem durar mais de duas semanas. Veja mais abaixo.

João BL Botelho
(92) 234-5609
bc Ribeiro, 520, sl 705, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Wellington Sampaio
(92) 236-1672
r Acre, 31, bl 31 b ap 3, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
João LP Machado
(92) 232-4559
bc Ribeiro, 620, sl 203, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Paulo MG Lobo
(92) 633-1764
r Ramos, 89, São José Operário
Manaus, Amazonas
 
Antônio Lg Matos
(92) 236-7505
av C Nery, 2240
Manaus, Amazonas
 
Roberto O Mello
(92) 232-3915
r C Azevedo, 9, sl 206
Manaus, Amazonas
 
Luciana SM Vieira
(92) 233-1878
r Ferreira, 1297
Manaus, Amazonas
 

Entenda sobre a depressão pós-cirurgia plástica

A realização de uma cirurgia plástica é um grande momento na vida de uma pessoa. Tudo ocorre ao nível do inconsciente, mesmo uma pequena mudança em seu visual pode afetar fortemente o seu interior. Os sinais de depressão pós-cirurgia plástica têm que ser identificados e também quando ela ocorre depois de qualquer outro tipo de cirurgia – o que não é raro; e uma boa preparação emocional pré-operatória é de grande valia para preveni-la. Muitos pacientes têm um sentimento de tristeza, fadiga e falta de interesse, que começam cerca de três dias após a cirurgia e podem durar mais de duas semanas.

 

Os fatores principais que causam o transtorno pós-operatório são a síndrome do estresse pós-cirúrgico, constipação intestinal, medicamentos, necessidade de repouso e ter que se afastar de muitas atividades como a prática de exercícios físicos e os cuidados com as crianças pequenas. Além disso, também há um ajuste ao novo olhar das pessoas, as reações dos familiares e dos amigos, estresse financeiro e o sentimento de culpa de que a cirurgia levou à depressão.

 

O tratamento da depressão pós-operatória é primeiramente preventivo, ou seja, o que você realmente espera da cirurgia plástica, controlar as expectativas excessivas e saber previamente que o pós-operatório pode ser restritivo, que existem “inchaços”, equimoses e até um pouco de dor, dependendo da sensibilidade de cada paciente. Portanto, você deve se preparar para a cirurgia e poder contar com alguém naquele momento, como amigo ou parente ou companheiro e também do seu cirurgião plástico sempre que necessite, transmitindo segurança e otimismo. Após liberação médica, um pouco de exercícios físicos ajudam a melhorar este sentimento interno.

Você deve entender que não é a única pessoa a passar por isso, há milhares de pacientes da cirurgia plástica que sentem o impacto não somente no corpo, mas também na mente. Outra forma de se sentir melhor é encontrar um grupo de pessoas que já passaram pela cirurgia plástica e compartilhar experiências. Portanto, relaxe e aguarde o tempo necessário para o resultado final de sua cirurgia, o que geralmente pode levar meses.

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica