Entenda a função do exame do sono Maceió, Alagoas

O exame do sono detecta distúbios relacionados aos índices de apnéia e hipopnéias. O médico Fausto Ito descreve o exame chamado Polissonografia. Conheça também, a classificação da apnéia do sono.

Espaço Lakshmi
(82) 3530-1275
larah_24@hotmail.com
Arapiraca, Alagoas
 
Endoclinica
(82) 241-9931
av Rotary, 1056, Farol
Maceió, Alagoas
 
Carlos Ha Santa Maria
(82) 326-2441
r Mizael Domingues, 108, Centro
Maceió, Alagoas
 
Clínica Reumatologica DR Antônio C Paes Barreto
(82) 223-6655
r Desembargador Tenorio, 214, Farol
Maceió, Alagoas
 
Imunicenter Clínica de Vacinacao
(82) 325-2725
av Desembargador Valente de Lima, 188, Mangabeiras
Maceió, Alagoas
 
Sala de Yoga Ganapati
(82) 3231-4461
rua helio pradines
maceio, Alagoas
 
Multimed
(82) 326-5446
r Franca Morel, 240, Centro
Maceió, Alagoas
 
Clínica Santa Juliana
(82) 326-6994
r Claudio Livio, 80, Farol
Maceió, Alagoas
 
Clinical
(82) 336-3519
r Mizael Domingues, 334, Centro
Maceió, Alagoas
 
Urocentro Centro Urologico de Maceió
(82) 231-7813
r Eng Mario de Gusmão, 757, Ponta Verde
Maceió, Alagoas
 

Entenda a função do exame do sono

A polissonografia é uma avaliação neurofisiológica completa do sono (padrão ouro) que pode ser realizada tanto em clínicas especializadas ou em casa. Esse exame pode ser feito sob a supervisão do médico, técnico e/ou enfermeiro.

A pessoa dorme com sensores fixados no corpo para monitorização de vários parâmetros durante todo o sono.

A PSG possibilita caracterizar o índice de apnéia e hipopnéias (IAH), a dessaturação da oxihemoglobina, os microdespertares, as porcentagens dos estágios do sono, o ECG, o registro do ronco e da posição corporal. Por meio da PSG, diagnostica-se a causa da fragmentação do sono, se ocorre pelos eventos respiratórios ou se por outras causas como os movimentos periódicos dos membros inferiores e ainda a insônia.

Apolissonografiaé indicada para os seguintes casos:

  • Distúrbios respiratórios durante o sono - roncos, síndrome da apnéia obstrutiva do sono, síndrome de aumento de resistência das vias aéreas superiores, entre outros.
  • Controle pós-tratamento da apnéia obstrutiva do sono como cirurgia, aparelhos bucais. Sonolência diurna excessiva, narcolepsia, hipersonia idiopática ou recorrente.
  • Alterações motoras e de comportamento durante o sono - sonambulismo, distúrbio de comportamento do sono REM e epilepsia.
  • Síndrome das pernas inquietas e movimentos periódicos dos membros inferiores.
  • Insônia.

 

Classificação da apnéia do sono pelo IAH - Índice de apnéia e hipopnéia / hora de sono:

  1. Ronco - menor que 4,9
  2. Apnéia Leve - entre 5 e 15
  3. Apnéia Moderada - entre 15,1 e 30
  4. Apnéia Grave - maior que 30
     

Referências:

1. Ito FA, Ito RT, Moraes NM, Sakima T, Bezerra MLS, Meirelles RC. Condutas terapêuticas para tratamento da síndrome da resistência das vias aéreas superiores (SRVAS) e da síndrome da apnéia e hipopnéia obstrutiva do sono (SAHOS) com enfoque no Aparelho Anti-Ronco (AAR-ITO®). Dental Press Ortodon Ortop Facial 2005; 10(4): 143-56.

2. American Sleep Disorders Association. Practice parameters for the treatment of snoring and obstructive sleep apnea with oral appliances. Sleep 1995;18(6):511-3.
 

Dr. Fausto Ito

ITO Clínica (RJ) - Ipanema(21) 2512 5151 www.rioodontosono.com.br 34 anos de Tradição - Ronco e Apnéia do Sono.

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com