Desenvolver Competências é Educar para o Trabalho São José dos Pinhais, Paraná

"Desenvolvimento de competências" é um termo muito forte e poderoso, excelente para abordar a reflexão principal do texto, que é direcionar o olhar para o uso das palavras, sua significação e seus impactos. Prefiro abster-me de técnicas e recursos facilitadores de desenvolvimento, e dar ênfase a nomenclatura acima carregada de significados diversos e múltiplas interpretações, assim como os outros termos e títulos.

Embresul Distr de Embreagem e Freios
(41) 382-8654
rdv BR Trezentos e Setenta e Seis, 2139
São José dos Pinhais, Paraná
 
Logicalc Cons
(41) 352-4943
r Marechal Hermes, 812, Centro Civico
Curitiba, Paraná
 
Ranquetat Serv Empresariais Sc Ltda
(41) 266-7697
r Delegado Leopoldo Belczak, 2090, Cristo Rei
Curitiba, Paraná
 
Afiplan Asses e Planej Sc Ltda
(43) 348-0320
r Maringá, 627, sl 1, Vitória
Londrina, Paraná
 
Corretoras de Seguros Dalmolin
(41) 262-4533
r Comendador Macedo, 218, Centro
Curitiba, Paraná
 
Sanjolap Distr de Gêneros Alimentícios Ltda
(41) 283-6046
r Elvira Schaffer Rocha, 455, Afonso Pena
São José dos Pinhais, Paraná
 
Luiz M Bueno
(45) 252-3544
r São Rafael, 55, Jardim La Salle
Toledo, Paraná
 
Logicalc Cons Financeira Sc Ltda
(41) 253-5690
r Marechal Hermes, 812, Centro Civico
Curitiba, Paraná
 
Flavio A Orth
(41) 232-1821
r Doutor Pedrosa, 430, an 3, Centro
Curitiba, Paraná
 
Spirit Corretora de Val Ltda
(41) 352-5555
av João Gualberto, 731, Alto Da Gloria
Curitiba, Paraná
 

Desenvolver Competências é Educar para o Trabalho

"Desenvolvimento de competências" é um termo muito forte e poderoso, excelente para abordar a reflexão principal do texto, que é direcionar o olhar para o uso das palavras, sua significação e seus impactos.

Prefiro abster-me de técnicas e recursos facilitadores de desenvolvimento, e dar ênfase a nomenclatura acima carregada de significados diversos e múltiplas interpretações, assim como os outros termos e títulos.

Cuide na hora da escolha e utilização de palavras e termos.Damos os nomes,pois nosso mundo é de rótulos e eles são necessários para identificarmos algumas coisas, mas que sejamos mais critériosos e profundos para esse simples fato. Uma vez determinado, esse nome está carregado de consequências invisíveis e diretas a quem está exposto a ação.

Desenvolver competências em terceiros é ter um poder inexistente,logo, é uma ilusão.Nenhum outro é dotado desse poder a não ser cada um de nós mesmos.

Começando do ponto zero, vamos enxergar que, "absolutamente ningúém", tem a capacidade de desenvolver competências em outra pessoa. Só quem pode desenvolver competência em cada um de nós somos nós mesmos.

Nem é fácil desenvolver o que necessitamos, quisera poder desenvolver competências em terceiros. Apenas podemos colaborar no desenvolvimento do outro.
Minha reflexão parece um mero detalhe, mas o conjunto de detalhes disseminados e assimilados de forma distorcida levam o ser humano à um padrão de exigência consigo mesmo e com os outros a um limite extremo, absurdo, por vezes doloroso. Como resultado da percepção equivocada de alguns termos, nesse caso, o "Desenvolvimento de Competências".

" A competência a ser desenvolvida é completamente sua e a única pessoa que poderá ou não desenvolvê-la também é você "

Quando um profissional é recrutado pressupõe-se que ele foi avaliado em várias frentes, logo, possui a competência desejada.Esse desenvolvimento de competências é um processo diário, contínuo e dinâmico como a vida das empresas e suas necessidades.

Cuidado com a forma de sugerir o "desenvolvimento de competências". A exigência de desenvolvimento está diretamente ligada a força oposta a desejada: Bloqueio e paralisia. Quanto maior o grau de exigência, o funcionário menos aceita o que é possível desempenhar no momento e o que é real agora. E essa não aceitação promove , insatisfações, estagnação em determinado patamar,ou mesmo, a sensação de impotência.

Os gestores possuem, no máximo,a capacidade de munir pessoas com ferramentas que possam auxiliar o desenvolvimento.

Menos pros títulos, menos para supervalorização externa de pessoas, processos, procedimentos. Quando ler ou escutar algum termo corporativo, como "Desenvolvimento de competências", traduza como quiser e achar correto, "Facilitadores de Desenvolvimento" ou "Educadores" ou " Ferramentas de desenvolvimento". Isso serve para qualquer termo, faça que tenha sentido para você!Crie a sua associação de significado, isso torna o conceito mais real, próximo e possível.

As ferramentas de desenvolvimento são em sua maioria, as atitudes dos gestores , como:

- Conhecimento da empresa e seus mecanismos,

- Conhecimento pleno do seu papel e dos seus funcionários,

- Compartilhar informaçãoes sobre a empresa

- Segurança, desprendimento e respeito pelo outro,

- Entrega e empenho incondicional, quando se dá, se ganha ,

- Acreditar no outro verdadeiramente e ser digno da confiança dele,

- Dar espaço, seja físico, intelectual dentro da empresa para o outro mostrar do que é capaz e conhecedor, como e o que produz e desenvolve,

- Escutar o que ele tem a dizer com muita atenção,

- Solicitar auxílio para pensar no desenvolvimento de projeto ou ação,

- Não temer que a produção de seu funcionário se apresente com perfomances melhores e mais atrativas que as suas, usufrua e aprenda com ele,

- Reconhecer e demosntrar naturalmente informal e formalmente - feedback sempre,

- Sugerir, apenas, ajustes teóricos, técnicos, comportamentais, estratégicos, a serem aprimorados,

Competência é pessoal e intransferível e só irá desenvolver caso perceba a necessidade disso, pois, se você não percebe,não tem o que desenvolver e ninguém poderá perceber por você.

Desenvolver competências é assumir missão de: Educar, facilitar, acompanhar, sinalizar a ação do indivíduo no seu - desenvolver-se

Fique ligado na função e aprendizado proporcionado pelo "termo" que se apresenta (significado que você atribui e riqueza da ação) e não a forma (o nome atribuido a ação). A função e forma vem sendo aprendida distorcidamente, e o profissional acaba atribuindo o poder de desenvolvimento à terceiros , enquanto o desenvolvimento é cem por cento mérito dele mesmo.
Como numa partida de futebol. Recebe um uniforme, é apresentado ao time e ao técnico, ocupa determinada posição na equipe, conhece o campo para treino e seus horários,os massagistas e médicos.

Mas, a bola mesmo, está contigo. Quem desenvolve os passes e evolui neles é você mesmo. Então, passe a associar "Desenvolvimento de competências" à "Bem vindo ao time, a bola é sua e está contigo, faça o melhor possível com seu aprendizado".

Vamos em frente sem "grandes eventos" levando a bola pelo gramado, pedindo ajuda, opinião, tempo ou substituição quando necessário, mas não esqueça que: A bola no seu pé é sua e os ganhos e méritos são apenas seus.

Desenvolver Competências, é simplesmente :Expandir os espaços para o outro, abrir as porteiras e deixar ir,e perceber com que e como está ganhando terreno, monitoradamente. Fica simplório assim, mas é assim mesmo que é EDUCAR.

Ser competente e dedicado com gente é a caracterísitica principal e deve ser visceral num gestor , para que possa : EDUCAR PARA O TRABALHO.

Educar sem pretensões pessoais. Educar, inicialmente, pressupõe-se apenas, "Mais Trabalho Silencioso", pois ninguém vê diretamente. Mas resulta em aprendizados magníficos para você gestor e empresa e possibilidades jamais vislumbradas por seus funcionários.Desejo à todos os gestores, prazer em desenvolver "mais trabalhos silenciosos" .
Esqueça os rótulos e títulos, perceba apenas se é bom , lhe apresenta benefícios, e faz sentido para você e para sua vida.Foque no contexto e conteúdo, tenha em mente que o sujeito da ação e agente de melhoria, mudança é sempre você !

Eduque e contribua para o mundo mais Feliz!

Com carinho

Martha


Sobre o Autor

 consultoria
. Marketing,  Atendimento ao Cliente, Gestão de pessoas e mudanças
.  Motivacional 
. Desenvolvimento e consciência humana e  organizacional, . Feedback pessoal e profissional 


Formada em Comunicação Social , MBA em Marketing de Varejo e especialização em Gestão RH e Gestão Call Center

Atuação profissional  na gestão de áreas de  Marketing e  Atendimento,   Recursos Humanos e Qualidade  em empresas como Citibank, Credicard, Grupo Algar, BVQI,  Atento,  Net Rio, Fundação Roberto Marinho e consultorias   onde absorvi experiências marcantes para minha evolução pessoal e profissional.  

Participação em  projetos  sociais desde a adolescência , o que me permitiu desenvolver ideais nobres,  baseado no aprendizado de vida  com meus pais " Dar de si, antes de pensar em si".

Compartilho e ofereço meu aprendizado a quem interessar possa
a partir da  minha formas de pensar, agir, tentar,  errar, superar e crescer ,  como ferramenta de auxílio na construção diária de si mesmas, dos seus próprios métodos ,  desempenhos e satisfação.E,  aprender, com cada uma delas.

Artigos.com