Descubra os sintomas da fome oculta Curitiba, Paraná

Se você reclama de fraqueza, cansaço e indisposição, esteja alerta, pois esses podem ser um sinal da fome oculta. A nutricionista Izaara Alvarenga explica as implicações causadas pela escassez no consumo de certos alimentos. "Podemos definir fome oculta como sendo um estado fisiológico transmitido do sistema digestivo para o sistema nervoso", descreve a nutricionista.

Renato da Silva Freitas
(41) 3335-7474
R. Solimões 1154 Merces
Curitiba, Paraná
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Cirurgia Plastica Dr Eduardo
(41) 3243-9269
av 7 Setembro, 4615 and 5º Batel
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Antonio Duarte Cirurgia Plastica
(41) 3339-9333
r Des Motta, 3677 Centro
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Cirurgia Plastica Dr Paulo
(41) 3336-0868
r Francisco Rocha, 1312 Bigorrilho
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Cirurgia Plastica Wanderlei
(41) 3014-3314
Al Dr Carlos Carvalho, 655 Sl 2003
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Carlos Augusto Villegas Chirinos
(41) 3335-1216
Rua Jacarezinho 394 (Ao lado da Torre da Oi)
Curitiba, Paraná
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Graf Cirurgia Plastica
(41) 3021-7700
r Solimões, 1175 Mercês
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Clinica de Cirurgia Plastica Dra Isabela
(41) 3244-2112
av 7 de Setembro, 4615 an 5 Batel
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Clinica de Cirurgia Plastica Dr Milton
(41) 3244-5560
av Visc de Guarapuava, 4742 Batel
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
A D Cirurgia Plastica
(41) 3338-9053
r Ten João Gomes Silva, 737 Vista Alegre
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Descubra os sintomas da fome oculta

FOME OCULTA, VOCÊ SABE O QUE É?

Podemos definir fome oculta como sendo um estado fisiológico transmitido do sistema digestivo para o sistema nervoso, acompanhado por sensações desagradáveis provocada pela ausência de alimentos.

Fome oculta é uma carência nutricional de vitaminas e minerais, conhecidos também como micronutrientes. É um problema que afeta todas as classes sociais assim como também não distingue idade e sexo, já atinge um quarto da população da população mundial.

Os sintomas na maioria das vezes somente são percebidos a longo prazo, alguns deles:

. Dores musculares: o individuo que pratica atividade física ou até mesmo atividades diárias mas não repõe os nutrientes perdidos;

. Fraqueza, cansaço e indisposição;

. Dificuldade de concentração;

. Maior vulnerabilidade a infecções: queda do sistema imunológico.

As vitaminas possuem funções semelhantes umas as outras, mas também apresentam funções especificas, então as conseqüências quanto a carências das mesmas estarão relacionadas ao tipo de vitamina especifica.

Quanto aos minerais, destaca-se a anemia que se faz pela ausência de ferro no organismo.

Aparentemente, você, caro leitor, pode pensar que a fome oculta é algo simples, mas o preocupante é quando os sintomas não são percebidos e então ao longo do tempo as conseqüências aparecem em forma de doenças, como o câncer, osteoporose, hipertensão e problemas cardiovasculares, tudo isso acontece porque os nutrientes que combatem essas doenças estão em falta no organismo.

Como já dito nos artigos anteriores a este, não é preciso muito para se ter qualidade alimentar, uma alimentação rica em verduras, frutas, cereais integrais e os macronutrientes, como carboidratos, proteínas e lipídeos se fazem fatores protetores deste mal.

Alimentação colorida, equilibrada, balanceada e desta forma saudável é o melhor remédio para se prevenir e até mesmo se recuperar da fome oculta.

Assim como os excessos fazem mal a saúde, a escassez também geram problemas sérios a saúde.

Atitudes e escolhas saudáveis só fazem bem a saúde! 

Evite o consumo de alimentos industrializados e embutidos, excesso de sal, gordura e açúcar. E opte por alimentos in natura. Pratique uma atividade física e tenha prazer em viver, sorria e seja feliz!!! Boa semana!!!

Izaara Alvarenga

Nutricionista

Izaara Carvalho Alvarenga

Izaara Alvarenga é graduada em Nutrição, pela UNILAVRAS, em Lavras - MG. Possui grande experiência na área de Alimentação Hospitalar. Cursa Especialização na UNESP, Botucatu - SP. Com passagem por empresas de porte nacional e multinacional da Alimentação Empresarial, adquiriu extensos conhecimentos neste ramo. Na área de responsabilidade social, atua na Pastoral da Criança e no Lar Esperança e Vida Mateus Loureiro Ticle, de apoio ao portador de Câncer, em Lavras. É também Articulista dos Jornais impressos “A Gazeta” e "Jornal Agora" da cidade de Lavras/MG, "Jornal O Movimento" da cidade de Carrancas/MG e "Jornal Folha de Catuípe" da cidade de Catuípe/RS, com a coluna “Vida Saudável”.

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com