Definindo Turismo Criativo São José dos Pinhais, Paraná

Turismo criativo nada mais é que a busca de inovações e soluções em universos diferentes. Neste artigo comentaremos a importância de quebrar o paradgima,o convencional,e exemplificar como muitos inovaram e tornaram-se famosos com *simples* idéias. Leia mais abaixo.

Central Cred
(41) 3224-3233
r 15 de Novembro, 279 cj 212 Centro
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Kitassy
(41) 3013-4110
r 4, 38 sl 60 Cidade Industrial
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Mega Card
(41) 3024-2288
r João Negrão, 162 sl 33 Centro
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Sucesso Serviços Financeiros
(41) 3079-0634
r Vicente Machado, 467 sl 102 na Centro
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
HSBC
(41) 3376-1490
r Pres Padua Fleury, 805 Hauer
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Controller´s
(41) 3323-8423
Al Cabral, 583 cj 5 Centro
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Executivos Financeiros
(41) 3242-5351
av 7 de Setembro, 6120 Batel
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Intercred
(41) 3324-5961
Al Dr Muricy, 542 sl 102 an 1 Centro
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Niponcred
(41) 3076-9727
r José Loureiro, 464 2º andar Centro
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Agiplan Serviços Financeiros
(41) 3074-0200
r Des Westphalen, 53 an 3
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Definindo Turismo Criativo

Você conhece a "caramanhola”, aquela garrafa feita para ciclistas? Sua tampa não precisa ser aberta ou fechada, permitindo que a água seja bebida mesmo com a bicicleta em movimento. Além disso, o líquido nunca escorre e nem suja, pois o recipiente fica vedado. Pois bem, essa garrafa segue os princípios de uma válvula cardíaca, e funciona da mesma forma que ela.

Soluções criadas para outros universos são fontes inesgotáveis de idéias inovadoras, pois obrigam a quebrar paradigmas. Chamo isso de turismo criativo, a .

Mais próximo ao foco estão as pesquisas junto a clientes, usuários ou usuários potenciais.

Pessoas que adotaram produtos e serviços e que darão indícios que poderão resultar em idéias revolucionárias. Mas não adianta pesquisar da maneira convencional. Perguntas tradicionais obterão respostas igualmente tradicionais e nem sempre verdadeiras.

Normalmente esses públicos possuem uma vaga noção de suas ambições e do que os incomoda… É melhor observar do que perguntar. Você saberia dizer quais são suas expectativas em relação ao cabo de uma escova de dentes? Foi observando seu uso que os designers da IDEO chegaram a um cabo mais grosso e mais confortável para as mãos dos usuários.

Atuo junto aos clientes visando buscar formas não lineares de obter informações, seja observando o comportamento dos usuários presencial ou virtualmente, seja analisando seus lixos, suas casas ou ainda provocando situações nas quais eles estarão usando o produto ou serviço.

Já os lead users, pessoas que adotaram produtos e serviços com entusiasmo podem ter até idéias prontas, e com certeza os indícios serão inúmeros. O papel de quem quer inovar é estar entre eles e dar espaço para que eles troquem as informações de interesse. Blogs, comunidades de prática, encontros presenciais são fontes excelentes. O importante para conhecer os desejos dos clientes e estar aberto para se surpreender.

Num nível um pouco mais distante do foco estão as soluções análogas. Este nível é mais recomendado para o desenvolvimento de produtos. Por exemplo, a 3M obteve dados importantes para a confecção de pele artificial para enxertos conversando com maquiadores da Broadway. Evidentemente, a idéia do maquiador não caiu do céu. Foi pensando no problema em questão e buscando sistematicamente profissionais que poderiam ter algo a contribuir que a 3M chegou nele.

Propositalmente distantes do seu foco estão a arte e as vivências ou visitas necessariamente fora da zona de conforto de quem quer inovar. Ao sair da rotina, as pessoas aprendem com o diferente, pois obtém novas informações, quebram paradigmas, estimulam a curiosidade. As artes, pessoas que atuam em profissões exóticas, sites diferentes são fontes inspiradoras. O foco não está sendo desprezado, mas sim servindo de atalho para chegar a idéias originais. O Estímulo Aleatório, uma das mais populares técnicas de geração de idéias criada por Edward de Bono, utiliza justamente a associação da situação a temas não relacionados para provocar alternativas diversificadas.

Comece sua busca já. Passe a observar o mundo com olhos ávidos. Einstein dizia que não dá para resolver um problema com a mesma atitude mental que o criou. É quase tão difícil quanto inovar olhando apenas para o que já foi criado.

15/06/08 | Artigos, Criatividade | Site do Autor