Cuidados especiais para pés e unhas de obesos Manaus, Amazonas

O artigo fala do cuidados que temos que ter com os pes e unhas principalmente para aqueles que estam acima do peso. O excesso de peso quando acompanhado da falta de higiene, uso de sapatos apertados, insuficiências vasculares, diabetes e defeitos ortopédicos, são fatores determinantes para o aparecimento de problemas na pele e unhas dos pés. Veja mais no artigo abaixo.

João BL Botelho
(92) 234-5609
bc Ribeiro, 520, sl 705, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Wellington Sampaio
(92) 236-1672
r Acre, 31, bl 31 b ap 3, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
João LP Machado
(92) 232-4559
bc Ribeiro, 620, sl 203, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Paulo MG Lobo
(92) 633-1764
r Ramos, 89, São José Operário
Manaus, Amazonas
 
Antônio Lg Matos
(92) 236-7505
av C Nery, 2240
Manaus, Amazonas
 
Roberto O Mello
(92) 232-3915
r C Azevedo, 9, sl 206
Manaus, Amazonas
 
Luciana SM Vieira
(92) 233-1878
r Ferreira, 1297
Manaus, Amazonas
 

Cuidados especiais para pés e unhas de obesos

Com os obesos a situação é mais grave uma vez que o excesso de peso sobrecarrega esta parte de nossa anatomia, trazendo como resultados problemas ainda mais frequentes e severos do que os encontrados na população geral.

O excesso de peso quando acompanhado da falta de higiene, uso de sapatos apertados, insuficiências vasculares, diabetes e defeitos ortopédicos, são fatores determinantes para o aparecimento de problemas na pele e unhas dos pés.

De acordo com o médico tricologista, Dr. Ademir Júnior, entre os principais problemas observados em pés de obesos são: o linfedema, inchaço dos pés causado pelo mau funcionamento de vasos linfáticos; distúrbios circulatórios arteriais, que promovem a redução do suprimento sanguíneo para os pés causando esfriamento, má nutrição dos tecidos, maior risco de traumas, feridas e infecções; distúrbios circulatórios venosos que são causas de varizes, sensação de peso nas pernas, dor e inchaço nos pés; e infecções de pele causadas por bactérias e fungos como erisipela e micoses nos pés, assim como infecções fúngicas das unhas dos pés.

Dr. Ademir também explica que quem possui diabetes precisa redobrar a atenção com o pé, pois este é quadro grave e quando não é bem cuidado, há um alto risco de contrair infecções, devido a má circulação e redução da sensibilidade nervosa local, levando à necrose de tecido e até mesmo a necessidade de amputação.

"Independente de acompanharem problemas de maior ou menor perigo para a integridade dos obesos, os pés merecem atenção especial e devem ser sempre avaliados pelos médicos que cuidam da saúde destes pacientes", afirma Dr. Ademir.

Ele acrescenta que profissionais especialistas em cuidados com os pés como podólogos e pedicures devem ficar de olho e sugerirem ajuda médica quando acreditarem necessária, agindo assim como pomotores de saúde e prevenindo complicações para seus clientes.

Dr.Ademir adverte que cabe ao paciente cuidar da boa higienização de seus pés assim como usar sapatos confortáveis e adequados. "Se necessário, deve-se pedir orientações de ortopedistas ou podólogos sobre qual tipo de sapato é o mais adequado para o uso no dia-a-dia. É necessário também estar atento aos os problemas parecidos com os citados na matéria e procurar seu médico o mais rápido possível", diz o médico.

"Evitar danos maiores é sempre importante. Ressalto ainda que o emagrecimento sempre será uma conduta inteligente, por reduzir os efeitos do excesso de peso nos pés. Reforço a importância da higiene e da atenção nestas áreas que, como mostram as pesquisas, muitas vezes são deixadas de lado e não recebem o cuidado e atenção que merecem", enfatiza Dr.Ademir.

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica