Cuidados com a pele no verão Manaus, Amazonas

Após temporada na praia ou no campo, quem ultrapassou os limites da exposição ao sol deve se precaver para evitar danos mais sérios. Os abusos trazem sérios prejuízos, podendo levar, com o passar dos anos, até mesmo ao câncer de pele. Saiba mais lendo o artigo abaixo.

João BL Botelho
(92) 234-5609
bc Ribeiro, 520, sl 705, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Wellington Sampaio
(92) 236-1672
r Acre, 31, bl 31 b ap 3, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
João LP Machado
(92) 232-4559
bc Ribeiro, 620, sl 203, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Paulo MG Lobo
(92) 633-1764
r Ramos, 89, São José Operário
Manaus, Amazonas
 
Antônio Lg Matos
(92) 236-7505
av C Nery, 2240
Manaus, Amazonas
 
Roberto O Mello
(92) 232-3915
r C Azevedo, 9, sl 206
Manaus, Amazonas
 
Luciana SM Vieira
(92) 233-1878
r Ferreira, 1297
Manaus, Amazonas
 

Cuidados com a pele no verão

Após temporada na praia ou no campo, quem ultrapassou os limites da exposição ao sol deve se precaver para evitar danos mais sérios.

É quase impossível resistir aos apelos da piscina e da praia durante os meses de férias. O problema é que, na expectativa de recuperar o bronzeado perdido, muitas pessoas deixam de lado as recomendações médicas e colocam a pele em risco. Os abusos trazem sérios prejuízos, podendo levar, com o passar dos anos, até mesmo ao câncer de pele.

Embora sejam bastante conhecidos os cuidados para quem vai se expor ao sol, pouca gente sabe o que fazer depois de cometer algum excesso, especialmente em casos de queimadura. Mário Grinblat, dermatologista do Hospital Albert Einstein, explica que "embora o ideal seja procurar um médico imediatamente, alguns cuidados podem atenuar o efeito das queimaduras".

O especialista faz a importante ressalva de que alguns remédios ou antialérgicos de uso tópico podem até piorar as lesões. "Para aliviar os sintomas, o ideal é fazer uma compressa de água boricada gelada. O restante pode ser prejudicial e deixar cicatrizes no futuro", alerta.

Banhos de água fria também são importantes para diminuir a coceira: "Água nunca é demais. Mas apenas isso não adianta: é necessário passar hidratante e não remover com a unha a pele que estiver descascando em hipótese alguma", adverte.

Para quem já excedeu os limites já nos primeiros dias do ano e pretende passar mais um tempo na praia sem repetir o erro, o dermatologista transmite um último conselho: "Não se pode esquecer da hidratação da pele e do uso de protetor solar mesmo nos dias nublados, além de evitar a exposição ao sol no horário em que ele está mais forte, entre 10h e 15h".

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica