Cosmético para homens não é frescura Macapá, Amapá

O uma grande opcoes de produtos masculinos lotam as prateleiras das lojas. Preocupada em fisgar uma fatia maior do público masculino, a indústria de cosméticos investe cada vez mais em opções com ativos, consistência e aroma diferenciados e específicos para quem deseja cuidar da aparência. Veja mais no artigo abaixo.

Clinica dos Olhos
(96) 3222-2131
r Cândido Mendes, 1299 ca A Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Zeneide Alves
(96) 3224-2425
av Pres Getúlio Vargas, 1062
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Consultorio Dr Romerval
(96) 3222-5223
av 1de Maio, 192
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Clinica Dr Alexandre
(96) 3224-1776
av Dq de Caxias, 730
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
News Estetica
(96) 3223-7799
av Mendonça Furtado, 1007
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Centro de Estetica Selma
(96) 225-2500
r Tiradentes, 308 Altos Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Mesoclin
(96) 3223-4248
av Procópio Rola, 2431 Santa Rita
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Clinica de Estetica Antonyelle
(96) 3222-5759
av Raimundo Álvares Costa, 998
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Med Center
(96) 3222-1231
r S José, 1704 Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Jose M Lobato
(96) 3223-3315
av Antônio Coelho Carvalho, 424 Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Cosmético para homens não é frescura

Apesar da onda metrossexual do final dos anos 90, a maioria dos homens ainda resiste às opções de produtos de beleza que aumentam a cada dia nas prateleiras. Assim, só mesmo os mais vaidosos ou aqueles com uma companheira atenciosa têm descoberto novidades que fazem muito mais do que apenas deixar a pele perfumada.

Preocupada em fisgar uma fatia maior do público masculino, a indústria de cosméticos investe cada vez mais em opções com ativos, consistência e aroma diferenciados e específicos para quem deseja cuidar da aparência, sem deixar rastros de vaidade.

Um exemplo dessa iniciativa são os protetores solares exclusivos para eles desenvolvidos com substâncias ativas que evitam a sensação de pele lambuzada.O uso desse tipo de produto não é só um cuidado com a aparência, mas muitos homens deixam de se proteger diariamente dos raios solares justamente por uma questão estética. Segundo a dermatologista Juliana Burihan Cahali, a diferença hormonal deixa a pele masculina naturalmente mais oleosa e a fórmula do protetor solar comum pode acentuar essa característica. "Nenhum homem gosta de ficar com a pele melada e o rosto brilhando", reforça a médica.

Segundo especialistas, os laboratórios têm conseguido desenvolver produtos capazes de controlar a produção em excesso de sebo na pele masculina. Já a criação de hidratantes para o corpo dos homens leva em conta não apenas a oleosidade da cútis, mas também a presença dos pêlos, que dificultam a aplicação do produto. "Por isso, para ser espalhado com mais facilidade pelo corpo, o hidratante na versão creme não é o mais indicado. Há linhas masculinas com opções bacanas em loção e em spray", orienta a médica Juliana.

Para os mais maduros e preocupados com as primeiras rugas, há ainda cremes antiidade na versão masculina, tanto para o rosto, quanto para a região específica dos olhos. Apesar de terem ação similar a dos produtos femininos, essas linhas costumam contar com uma concentração maior de ativos, como a vitamina C e os ácidos retinóicos. O reforço é uma forma de facilitar a absorção e garantir a eficácia do produto, uma vez que a pele masculina é ligeiramente mais espessa que a da mulher.

E não são só esses diferenciais que podem motivar aquele vaidoso enrustido - que usa o creme hidratante da mulher escondido - a pensar em comprar um produto de beleza só para ele. As linhas masculinas investem em aromas suaves e menos enjoativo. Além disso, os homens já perceberam com as loções pós-barba que há produtos certos para serem aplicados em cada região do corpo. "Eles já sabem que outros cosméticos no lugar dessas loções, por exemplo, podem causar foliculite (inflamação dos pêlos) e irritar a região depilada", explica a dermatologista Juliana.

A dermatologista Denise Steiner também lembra que os cuidados com a estética hoje em dia não coloca a masculinidade de ninguém à prova. É inclusive uma exigência da sociedade. "Ultimamente, o homem tem sentido uma necessidade maior de se cuidar, porque, além de tudo, precisa ter uma boa aparência no trabalho", comenta Denise.

Não é à toa que a produção dos cosméticos para homens deu um salto significativo nos últimos anos. Segundo a marca Dior, que lançou uma linha masculina em 2007, as vendas desses produtos cresceram 30% no período de um ano.

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica