Controle a obesidade infantil Manaus, Amazonas

Crianças obesas tendem a manter o excesso de peso também na fase adulta. Compreenda como o comportamento dos pais influencia na obesidade infantil. Estudo constata que, "mães obesas apresentam dez vezes mais probabilidade de ter filhas obesas, enquanto pais obesos têm seis vezes mais chances de ter filhos obesos".

João BL Botelho
(92) 234-5609
bc Ribeiro, 520, sl 705, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Wellington Sampaio
(92) 236-1672
r Acre, 31, bl 31 b ap 3, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
João LP Machado
(92) 232-4559
bc Ribeiro, 620, sl 203, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Paulo MG Lobo
(92) 633-1764
r Ramos, 89, São José Operário
Manaus, Amazonas
 
Antônio Lg Matos
(92) 236-7505
av C Nery, 2240
Manaus, Amazonas
 
Roberto O Mello
(92) 232-3915
r C Azevedo, 9, sl 206
Manaus, Amazonas
 
Luciana SM Vieira
(92) 233-1878
r Ferreira, 1297
Manaus, Amazonas
 

Controle a obesidade infantil

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Crianças e adolescentes obesos têm maior risco de se manterem obesos na vida adulta

Diferente do que muita gente pensa, adultos obesos não eram, necessariamente, crianças obesas, mas podem ter sofrido influência dos adultos na obesidade infantil, assim concluiu um estudo recente feito pela Peninsula Medical School, na Inglaterra. Por esse motivo, os pesquisadores responsáveis pelo estudo salientam a importância de focar em programas de emagrecimento os pais das crianças.

Os pesquisadores mediram peso e altura de mais de 200 famílias, tanto dos adultos quanto das crianças e observaram que mães obesas apresentam dez vezes mais probabilidade de ter filhas obesas, enquanto pais obesos têm seis vezes mais chances de ter filhos obesos.

O vínculo existente entre mães e filhas ou pais e filhos se deve a fatores comportamentais: as filhas copiam os hábitos das mães, e os filhos os hábitos dos pais, de acordo com os pesquisadores

Além disso, estudos apontam que crianças e adolescentes obesos têm maior risco de se manterem obesos na vida adulta. "Por esse motivo, é essencial prevenir a obesidade já na infância", ressalta a nutricionista, Rose Vega Patin, colaboradora do Conselho Regional de Nutricionistas.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Portal Educação

Clique aqui para ler este artigo na Portal Educação