Conhecendo o ponto G da Mercedes Boa Vista, Roraima

Há 30 anos foi iniciada a produção da Classe G da Mercedes-Benz. A fábrica, sediada em Stuttgart, apresentou seu robusto fora de estrada ao público em 1979 e, desde então, já entregou cerca de 200.000 unidades a clientes do mundo todo. A aparência continua, substancialmente, a mesma desde seu lançamento e sua construção garante um status cult no mundo automotivo.

Maximize Car Ltda
(95) 3626-4303
av Brasil, 484, Treze de Setembro
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Auto Vista Veículos
(95) 3224-0102
av Maj Williams, 1951, Centro
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Autoville Multicar
(95) 3623-2820
av Ville Roy, 5733, Centro
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
E. A. Batista e Cia Ltda
(95) 3624-4272
av Glaycon de Paiva, 1329, São Vicente
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Polo Veiculos Ltda
(95) 3625-7343
r Ataíde Teive,Gal, 2672, Liberdade
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
GP veículos Ltda
(95) 3623-4500
av Maj Williams, 756 ala 4, Boa Vista
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
B V Boa Vista Veículos Ltda
(95) 3224-0503
av Maj Williams, 1002, São Francisco
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Tropical Veiculos Ltda
(95) 3224-6810
av Ville Roy, 4562, São Pedro
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Estrela Veículos
(95) 3627-0049
av Gal Ataíde Teive, 4114, Asa Branca
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Diamond Veículos Multimarca
(95) 3624-2100
av Gal Ataíde Teive, 1280 A, Mecejana
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Conhecendo o ponto G da Mercedes

Fornecido por:

Há 30 anos foi iniciada a produção da Classe G da Mercedes-Benz. A fábrica, sediada em Stuttgart, apresentou seu robusto fora de estrada ao público em 1979 e, desde então, já entregou cerca de 200.000 unidades a clientes do mundo todo. A aparência continua, substancialmente, a mesma desde seu lançamento e sua construção garante um status cult no mundo automotivo.

 

Levando o sucinto prefixo "G" -- além, é claro, da estrela da Mercedes -- esse legítimo off-road já venceu até mesmo o competitivo Rali Paris-Dakar. O modelo é também vitorioso nas votações de leitores e representa o grupo da família SUV da Mercedes-Benz, que atinge cinco séries de modelos.

 

Equipada com all-wheel drive, sistema de tração controlado eletronicamente 4ETS, ESP®, uma caixa de mudanças com três bloqueios do diferencial selecionáveis, a Classe G garante altos níveis de segurança para condução no fora de estrada

 

"O Classe G está obtendo mais sucesso do que nunca, e os clientes nos deixam ainda mais entusiasmados. Talvez estejamos celebrando outro grande marco dentro de dez anos" afirma Dieter Zetsche, Chairman do Board of Management do Grupo Daimler AG e Responsável pela Divisão de Automóveis Mercedes-Benz.

 

COMO TUDO COMEÇOU

 

O desenvolvimento de um veículo off-road começou em 1972, com um contrato de parceria entre a Daimler-Benz e a Steyr-Daimler-Puch de Graz, na Áustria. Em 1975 foi tomada a decisão de começar a produção em série e construir novas instalações de produção em Graz, onde a Classe G ainda é em sua maior parte montada até hoje.

 

Após renovações contínuas do modelo, um importante passo foi dado em 1989, quando a família G ganhou um novo membro. Somando-se ao modelo original, com a designação de série 460, a linha foi aumentada com os modelos 463.

 

A nova e permanente tração total, all-wheel drive, bloqueios do diferencial no eixo dianteiro e traseiro, que atualmente são equipamentos de série, e um diferencial central, são itens que representam o avanço técnico desse automóvel. O ABS também foi disponibilizado como opcional.

 

Já o interior totalmente redesenhado impressiona com novos itens de conforto, tais como bancos, painéis internos da carroceria, console central, painel de instrumentos e um revestimento de madeira exótico.

 

MODELOS ESPECIAIS

 

O fato de que a Classe G foi projetada para operações em terrenos difíceis fica claro na edição especial 30.PUR baseada no G 280 CDI da série G 461. Com o pacote opcional Off-road 1 ou Off-road 2, o EDITION30.PUR G pode, por exemplo, ser equipado com pneus para todo tipo de terreno.

 

No interior há quatro bancos individuais estofados com tecido de alta resistência ou couro artificial, piso com tapetes de borracha no compartimento de passageiros e aberturas de drenagem nos locais dos pés.

 

Com entreeixos longo, o G 500 L se distingue por seu acabamento e rodas de liga leve, além das letras EDITION 30. O interior impressiona com o couro na cor chablis e no revestimento em madeira Álamo antracita.

 

GAMA COMPLETA

 

A família de modelos atualmente possui três versões de carroceria (automóvel com entreeixos curto, automóvel com entreeixos longo e conversível), que podem ser combinados com o econômico motor CDI V6 que desenvolve 224 cv, ou o motor V8 a gasolina de 5,5 litros com 388 cv. O top de linha é o G 55 AMG, com entreeixos longo e motor V8 que desenvolve 507 cv.

 

A geração da Classe G possui sistema viva-voz com Bluetooth para o celular e uma nova interface, que conecta uma fonte externa de música com o sistema eletrônico de bordo e com o sistema de comando do veículo.

 

OFF-ROAD ESPORTIVO

 

O mais luxuoso modelo da Classe G é o G 55 AMG, equipado com um motor V8 de 5,5 litros e 507 cv. Sinônimo de alta performance, o G 55 AMG acelera de zero a 100 km/h em 5,5 segundos, e possui uma velocidade máxima (limitada eletronicamente) de 210 km/h .

 

A versão AMG também é referência quando se trata de segurança e conforto na direção. O programa eletrônico de estabilidade (Electronic Stability Program - ESP®) possui um módulo de comando altamente eficiente. O G 55 AMG também é equipado com o "Hill Start Assist", um sensor capaz de detectar se o veículo está em um aclive e manter acionada a pressão sobre os freios.

 

Com rodas de liga leve de 19 polegadas , o G 55 AMG chama a atenção e se distingue pelo refinamento do design. Os pneus de tamanho 275/55 R 19 preenchem os arcos das rodas com um efeito impressionante. Os dois tubos cromados do sistema de escapamento esportivo AMG são um indicador da capacidade de potência que reside no motor.

 

O modelo tem ainda uma exclusiva personalidade interna com o revestimento do teto em Alcântara e interior em couro. Os bancos opcionais climatizados garantem maior conforto. O G 55 AMG também é equipado com a telemática da mais recente geração do "COMAND APS" da Mercedes-Benz.

 

À PROVA DE BALAS

 

Outro destaque da linha é o G-Guard baseado no automóvel de entreeixos longo G 500. Totalmente blindado, com proteção especial, ele tem certificado para proteção da Classe B6 ou B7 contra ataques com pistolas, revólveres e cargas explosivas de proporções definidas.

 

As características normais de alta proteção do G-Guard B7 incluem um tanque de combustível protegido contra explosões, um sistema de comunicações e alarme, pneus com sistema de monitoramento de pressão e um sistema "Rodgard" para rodar mesmo estando furado, além de um sistema de partida emergencial.

 

O peso bruto de 4.300 quilos considera uma suspensão modificada, eixos reforçados e um sistema de frenagem adaptado. No interior confortável, são equipamentos de série o revestimento de Alcântara do teto e bancos individuais com controles elétricos de temperatura e posição.

 

A trajetória da Classe G

 

1973
- Primeiro modelo do futuro veículo Mercedes "cross-country" foi apresentado em abril.

 

1974
- O primeiro protótipo pronto para dirigir é testado.

 

1975
- Um segundo estudo de viabilidade confirma a perspectiva de sucesso de um veículo "off-road" da Mercedes-Benz.
- Início do trabalho para construção de uma nova unidade de produção em Graz.

 

1979
- No sul da França, o Modelo G é apresentado à imprensa pela primeira vez.
- É iniciada a produção em 10 de fevereiro de 1979 com a saída dos primeiros 240 GD, 300 GD, 230 G e 280 GE da linha de montagem.

 

1980
- Um modelo fechado tipo van com entre-eixos curto ou longo é adicionado à gama de modelos.

 

1981
- Acontece a primeira remodelação: transmissão automática, ar condicionado, bancos longitudinais para a área de carga, um tanque de combustível adicional, grades protetoras dos faróis, um guincho de cabo, capota rígida para o cupê conversível e uma tomada de força passam a estar disponíveis como opcionais para o 280 GE e o 300 GD.
- Nessa época, os clientes podiam escolher um total de 22 cores diferentes de pintura.

 

1982
- O novo GE 230 com injeção de combustível mecânica e 125 cv substitui o G 230 com motor e carburador.
- Bancos Recaro, aquecimento auxiliar e pneus de base ampla para rodas de liga leve podiam ser encomendados como opcionais.

 

1983
- O GE 230 passa a ter transmissão automática de quatro marchas como opcional.
- A segunda remodelação insere quatro tonalidades metálicas novas na gama de opções do modelo.
- A transmissão de cinco marchas é adicionada à lista de equipamentos.
- Jacky Ickx e Claude Brasseur conquistam a vitória no rali Paris-Dakar com o GE 280.

 

1985
- Bloqueios de diferencial, trava central e um conta-giros foram adicionados à lista de equipamentos padrão como parte da terceira remodelação.
- O cupê conversível é dotado de uma capota dobrável em substituição da simples lona.

 

1986
- Os modelos a gasolina GTE 230 e GE 280 foram disponibilizados com catalisador com sistema de loop fechado.
- Em julho a Classe G 50.000º saiu da linha de montagem.

 

1987
- A quarta remodelação trouxe novos opcionais: vidros elétricos e uma capota automática combinada para bagagem.
- O chassis com cabine e o entre-eixos de 3,12 metros foram adicionados à gama de modelos.
- O GD 250 desenvolvendo 84 cv substitui o GD 240.
- O planejamento começa para as séries 463 posteriores.

 

1988
- Os bancos do motorista e do passageiro da frente recebem descansa-braços.

1989
- O modelo GE 230 edição limitada "Classic" foi apresentado para marcar o décimo aniversário da Classe G. Um total de 300 unidades foi produzido.
- O novo série 463 com tração nas quatro permanente, um interior especial em madeira e o ABS opcional foram apresentados em setembro no Salão Internacional de Frankfurt.

 

1990
- A série 463 foi lançada em abril sob a forma dos modelos GE 230, GE 300, GD 250 e GD 300. Os clientes podiam escolher entre três versões de carroceria.
Término da produção da série 460 GE 280 e GD 300.

 

1992
- A produção da Classe G começa na Grécia, com os veículos CKD (Completamente desmontados) sendo entregues em peças separadas para a montadora.
- Lançamento no mercado da série 461 para usuários profissionais -- uma versão revisada das séries antigas 460.
- A gama de modelos compreendia os GE 230 e os novos GD 290, que substituíam os anteriores GD 250.
- Primeira remodelação dos 463: piloto automático, uma calota sobressalente de aço inoxidável, placas longitudinais, tampa para o compartimento de bagagem e revestimento em nogueira trabalhado passam a estar disponíveis, a pedido.
- O novo GD 350 TURBODIESEL foi revelado em maio.
- Em junho, o 100.000º Classe G off-road sai da linha de montagem.

 

1993
- Um chassis com cabine e entre-eixos de 3,40 metros foi adicionado à gama da série 461.
- O modelo de edição especial 500 GE de oito cilindros foi apresentado. Com produção limitada a 500 unidades, o modelo oferecia luxuosos equipamentos, altos níveis de acabamento e motor V8 de 241 cv.
- O prefixo "G" é introduzido: os modelos G agora oficialmente são chamados de Classe G, com as designações de modelos, tais como G 230, G 300, G 350 TURBODIESEL etc.

 

1994
- Uma segunda remodelação da série 463 contempla a introdução dos freios a disco internamente ventilados dianteiros e airbag para o motorista, de série.
- O modelo G 320 de 210 cv substitui o G 300, que deixa de ser produzido.

 

1995
- Todos os modelos da Classe G recebem travas centrais controladas à distância (controle remoto) e um imobilizador.

 

1996
- O G 300 TURBODIESEL com 177cv e uma transmissão automática eletronicamente controlada de cinco marchas é apresentada. Ele substitui o G 350 TURBODIESEL.
- Renovação do modelo. Os equipamentos de série são aprimorados, com um sistema de limpeza dos faróis, piloto automático e airbag para o passageiro do banco da frente.

 

1997
- A Classe G conversível com capota energizada eletro-pneumaticamente é apresentada.
- O motor V6 do G 320 substitui o módulo de força de seis cilindros da linha anterior, série 463.
- A transmissão automática eletronicamente controlada, de cinco marchas é colocada como elemento de série no G 320.
- O 290 GD TURBODIESEL com 120 cv substitui o GD 290 com motor diesel naturalmente aspirado na série 461.

 

1998
- Quarta remodelação: O top de linha, o novo 500 (296 cv) junta-se ao G 320 e ao G 300 TURBODIESEL na família Classe G.

 

1999
- Em março, o modelo de edição especial Classic exclusivo G 500 é apresentado para marcar o 20º aniversário da Classe G. A produção é limitada a 400 veículos.
- O volante de direção multifuncional é adicionado à lista dos equipamentos de série da Classe G.
- Surge o G 55 AMG com motor V8 e potência de 354 cv.
- O Mercedes-Benz G 500 Guard aé lançado em três diferentes versões com proteção especial.

 

2000
- Os novos modelos 2001 são revelados no "Paris Motor Show" -- com um novo interior que oferrece mais altos níveis de conforto.
- O novo modelo diesel do G 400 CDI com motor V8 (184 kW/250 hp) substitui o G 300 TURBODIESEL.
- Os modelos V8 são equipados com novas rodas de liga leve, uma grade do radiador cromada e pára-choques nas cores da carroceria.

 

2001
- A partir do outono q Classe G é apresentadq com novos sistemas de comando dinâmicos. Eles incluem o Electronic Stability Program ESP® - programa eletrônico de estabilidade - o Brake Assist, sitema de assistência dos freios e o Electronic Traction System 4ETS, sistema eletrônico de tração 4 ETS.
- A Classe G é lançada nos EUA.

 

2002
- O novo G 270 CDI estreia com um motor diesel de cinco cilindros com potência de 156cv.

 

2003
- As luzes do pisca (luzes de direção) são integradas aos espelhos retrovisores externos da Classe G.

 

2004
- A estreia mundial do novo G 55 AMG com motor V8 superalimentado de 476 cv ocorre no Salão Internacional de Genebra (Geneva Motor Show).
- A Classe G celebra seu 25º aniversário.

 

2006
- O G 55 AMG passa a ter potência de 500 cv.
- Com faróis bi-xenon, faróis de neblina com luzes para fazer curvas e o novo acabamento de pintura a prova de riscos com nano-partículas são oferecidos, pela primeira vez.
- O G 320 CDI substitui os modelos diesel 270 CDI e G 400 CDI. Ao mesmo tempo, o G 320 é descontinuado.

 

2007
- Estágio final de desenvolvimento do G 55 com potência de 507 cv.
- Um novo painel de instrumentos com quatro mostradores analógicos, console central modificado com novos controles e interruptores, volante de quatro raios formam o centro de controle a partir desse modelo.
- O sistema de controle e display "COMAND APS" com sistema de navegação com DVD, rádio integrado, CD-player e telefone com teclas torna-se equipamento de série (opcional para o G 320 CDI).
- Novas luzes traseiras com a nova tecnologia LEDs.
- Novos opcionais incluem uma câmera para ré, um sistema de monitoramento da pressão dos pneus, e o pacote do interior "ARTICO" com couro artificial.

 

2008
- O G 500 recebe um novo motor V8 de 5,5 litros com 388 cv e torque de 530 Nm.
- A partir do segundo semestre, a Classe G ganha uma grade modificada do radiador.
- Ao mesmo tempo, são introduzidos a telemática de nova geração com navegação rápida por HDD, interface para Bluetooth para a operação de celulares e o sistema de comandos de voz LINGUATRONIC.

 

2009
- A Classe G celebra seu 30º aniversário.
- A Mercedes-Benz apresenta os modelos da edição especial "EDITION30" e a "EDITION30 G.PUR" para marcar o aniversário.

 

Clique aqui para ler este artigo na Autopista.com