Conhecendo o Novo Gol Power Boa Vista, Roraima

Lançado há cerca de três meses no mercado, o Novo Gol ainda chama a atenção por onde passa. Pudera! O carro ficou mesmo lindo! Independente do ângulo de visão, as linhas são todas harmoniosas. A traseira, inclusive, lembra a do BMW Série 1. A plataforma é a mesma do Fox e o motor passou a ser transversal (antes era longitudinal).

B V Boa Vista Veículos Ltda
(95) 3224-0503
av Maj Williams, 1002, São Francisco
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Estrela Veículos
(95) 3627-0049
av Gal Ataíde Teive, 4114, Asa Branca
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
E. A. Batista e Cia Ltda
(95) 3624-4272
av Glaycon de Paiva, 1329, São Vicente
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Maximize Car Ltda
(95) 3626-4303
av Brasil, 484, Treze de Setembro
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Autoville Multicar
(95) 3623-2820
av Ville Roy, 5733, Centro
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Diamond Veículos Multimarca
(95) 3624-2100
av Gal Ataíde Teive, 1280 A, Mecejana
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Auto Vista Veículos
(95) 3224-0102
av Maj Williams, 1951, Centro
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Tropical Veiculos Ltda
(95) 3224-6810
av Ville Roy, 4562, São Pedro
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
GP veículos Ltda
(95) 3623-4500
av Maj Williams, 756 ala 4, Boa Vista
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Polo Veiculos Ltda
(95) 3625-7343
r Ataíde Teive,Gal, 2672, Liberdade
Boa Vista, Roraima

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Conhecendo o Novo Gol Power

Fornecido por:

O poder do Novo Gol

 

Lançado há cerca de três meses no mercado, o Novo Gol ainda chama a atenção por onde passa. Pudera! O carro ficou mesmo lindo! Independente do ângulo de visão, as linhas são todas harmoniosas. A traseira, inclusive, lembra a do BMW Série 1. Belíssima!

 

A plataforma é a mesma do Fox e o motor passou a ser transversal (antes era longitudinal). Resultado: o carro ficou mais espaçoso por dentro. Até quem tem 1,85m de comprimento encontra espaço para as pernas e cabeça, inclusive -- pasmem! -- no banco traseiro. Pena que a Volkswagen não fez a lição de casa toda: faltou o apoio de cabeça para quem viaja no meio. E o cinto de segurança é subabdominal. Melhor se fosse de três pontas.

 

Agora, privilegiado mesmo é o motorista. Este conta com ajuste de altura e profundidade não apenas do banco como também da coluna de direção, o que facilita encontrar uma boa posição para dirigir. E por falar nisso, lembra de como era o volante do antigo Gol? Era desalinhado, torto, um suplício principalmente em viagens longas. Felizmente, esse problema foi resolvido. Agora, o volante ficou bem centrado, como sempre deveria ter sido.

 

CÂMBIO MACIO

 

Outra melhoria foi no câmbio, que ficou bem mais macio e preciso. As mudanças de marcha podem ser feitas até com as pontas dos dedos, bem de leve, sem muito esforço. O acabamento interno também melhorou da água para o vinho. O painel, em duas cores, não reflete no pára-brisa e o tecido dos bancos é agradável ao toque.

 

A ergonomia, de um modo geral, merece aplausos. Todos os comandos ficaram bem posicionados. O modelo avaliado estava completíssimo, equipado com ar condicionado, trio elétrico, direção hidráulica, rádio CD player com MP3 e Bluetooth, volante multifuncional, duplo airbag, entre outros itens. E a boa notícia é que a Volkswagen agora adotou o sistema de vendas individuais. Ou seja, cada um dos opcionais pode ser comprado separadamente. É possível, por exemplo, equipar o modelo de entrada do Gol, a versão 1.0, com freios ABS, sem para isso precisar levar também o airbag ou o ar condicionado.

 

ÁGIL NO TRÂNSITO

 

Equipado com o novo motor VHT (Volkswagen High Torque) 1.6 L Total Flex (potência de 104 cv com álcool e 102 cv com gasolina, ambos a 5.250 rpm; e torque máximo de 15,6 kgfm com álcool e 15,4 kgfm com gasolina, ambos a 2.500 rpm), o Novo Gol Power esbanjou agilidade no trânsito urbano e rodoviário. As arrancadas são rápidas e as ultrapassagens realizadas com tanta segurança que a impressão que passa é de se tratar de um carro de maior cilindrada.

 

Nessas horas, fica até difícil resistir à tentação de pisar fundo no acelerador para comprovar a velocidade máxima divulgada pelo fabricante: 190 km/h (gasolina) e 192 km/h (álcool). Mas, infelizmente, nossas rodovias não nos permitem esse prazer, seja pelos radares ou pelas condições cada vez mais precárias.

 

VIAGEM LONGA

 

O Novo Gol também provou ser bastante estável. A suspensão, além de absorver bem os impactos, não balançou muito em curvas. E , justamente por privilegiar mais a estabilidade, o Novo Gol não apresenta o mesmo conforto de, por exemplo, um Golf. Na verdade, até o Palio é mais macio. E isso faz diferença quando a viagem é longa.  

 

Portanto, se você estiver pensando em comprar um Gol Power completíssimo como o de nossa avaliação (ele custa R$ 48.045,00!!!), é melhor pensar duas vezes. Afinal, com pouco mais do que R$ 4 mil você leva para casa um Golf, que, cá entre nós, é muito mais carro. Agora, se você não pretende gastar mais de R$ 40 mil em um compacto, o Gol Power básico (R$ 36.860,00) pode ser uma boa escolha.

 

Clique aqui para ler este artigo na Autopista.com