Conheça os tratamentos para diminuir o ronco Macapá, Amapá

Um curto artigo sobre o ronco traz algumas recomendações de tratamento. A jornalista Ivy Kate disserta sobre apneia. "Segundo a Sociedade Brasileira do Sono, 40% da população sofre desse mal. Se não tratado ele pode evoluir para a chamada apneia do sono, uma parada respiratória que ocorre durante o sono, e que está relacionada com sérios problemas a saúde, como hipertensão, infarto e derrame cerebral.

Clinica Dr Alexandre
(96) 3224-1776
av Dq de Caxias, 730
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Consultorio Dr Romerval
(96) 3222-5223
av 1de Maio, 192
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Clinica dos Olhos
(96) 3222-2131
r Cândido Mendes, 1299 ca A Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Mesoclin
(96) 3223-4248
av Procópio Rola, 2431 Santa Rita
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Med Center
(96) 3222-1231
r S José, 1704 Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Centro de Estetica Selma
(96) 225-2500
r Tiradentes, 308 Altos Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Clinica de Estetica Antonyelle
(96) 3222-5759
av Raimundo Álvares Costa, 998
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Jose M Lobato
(96) 3223-3315
av Antônio Coelho Carvalho, 424 Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Zeneide Alves
(96) 3224-2425
av Pres Getúlio Vargas, 1062
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
News Estetica
(96) 3223-7799
av Mendonça Furtado, 1007
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Conheça os tratamentos para diminuir o ronco

Por Ivy Kate Gomes

ikategomes@gmail.com

Já parou para pensar quanto barulho existe durante o dia? É a buzina no trânsito congestionado, o ambulante gritando na rua, um monte de gente falando alto como se estivesse em um estádio de futebol e por aí vai. Ainda bem que existe a noite, em que relativamente tudo fica mais silencioso e tranquilo. Porém, esta tranquilidade toda não é para todos, principalmente para quem tem ao seu lado uma pessoa que ronca.

A noite é que a verdadeira tormenta começa! Você se preparando para se entregar aos braços de Morfeu e ele lá, só rrrrr.... roncando. Dá vontade de sair correndo sem olhar para trás! E, é isso o que mais acontece, casais que já não se aguentam devido a essa poluição sonora noturna: o velho e conhecido RONCO. Quando é o marido que ronca, a mulher fica a beira de um ataque de nervos e, quando é a esposa o sujeito fica a ponto de explodir.

Segundo a Sociedade Brasileira do Sono, 40% da população sofre desse mal. Porém poucas pessoas dão a devida importância ao problema. O Ronco é o primeiro sinal que o organismo dá de que existe alguma coisa errada com a respiração durante a noite. Se não tratado ele pode evoluir para a chamada apneia do sono que é uma parada respiratória que ocorre durante o sono e que está relacionada com sérios problemas a saúde, como hipertensão, infarto e derrame cerebral.

De acordo com os relatos de pessoas que sofrem de apneia a sensação é terrível. Durante o sono elas relatam que tem a impressão de que vão morrer por falta de ar ou engasgadas. Ao longo do dia são sonolentas e mal humoradas devido à péssima qualidade do sono.

Existem várias formas de tratamento, como o emagrecimento e higiene do sono, uso de aparelhos bucais que avançam a mandíbula e impedem que a língua obstrua a passagem do ar na garganta, a máscara nasal que injeta ar comprimido pelo nariz e exercícios fonoaudiológicos para fortalecer a musculatura da garganta.

Aquele ronco que a princípio só incomodava o silêncio no meio da noite, não deve ser encarado apenas como um ruído que priva o direito de outras pessoas de dormir em paz. Cuidar desse problema é muito mais do que eliminar o barulho indesejado.

É investir na cobiçada Qualidade de Vida!

Saiba mais em: www.roncoeapneiadosono.blogspot.com

Ivy Kate Gomes

Jornalista (RJ)(21) 2512 5151 www.roncoeapneiadosono.blogspot.com

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com