Conheça os primeiros espermatozoides criados em laboratório Manaus, Amazonas

Pela primeira vez no mundo cientistas ingleses anunciaram a criação de espermatozoides em laboratório. Esta tecnologia poderá ajudar homens com problemas de fertilidade. Serão necessários pelo menos mais cinco anos até que a técnica seja aperfeiçoada.

Sergio Munhoz Pereira
(92) 3233-3658
Av Taruma 1169 - Medical Center
Manaus, Amazonas
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Fernanda de Mendonca Carlos Damiao
(92) 3656-2880
R Duarte da Costanº 303
Manaus, Amazonas
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Silvia Carmen Akel Thomas de Lima
(92) 3659-3129
Av Djalma Batistaº 1661 - Millenniun Sala 120212º Andar (Medical Tower)
Manaus, Amazonas
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Antonio Jorge Souza da Silva
(92) 3627-1100
Rua Alexandre Amorim 470
Manaus, Amazonas
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Sonia Velihovetchi Laredo
(92) 3584-8252
R Acre (Cj Vieiralves) 12 - Sala 513/514 Cemom
Manaus, Amazonas
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Leonardo Soares da Silva
(92) 3643-2132
Av. Prof. Nilton Lins 3529
Manaus, Amazonas
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria Christina Cavalcanti Ballut
923-2345
R Acre (Cj Vieiralves) 12 - Sala 614 Cemom
Manaus, Amazonas
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jose Augusto de Castro Carvalho
(92) 3584-9202
R Acre (Cj Vieiralves) 12 - Sala 205 Cemom
Manaus, Amazonas
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Marcos Carneiro da Cunha
(24) 2243-5446
R. Marechal Deodoro 46 - Sl. 102
Petropolis, Rio de Janeiro
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Edward Costa Junior
(92) 3584-3377
Av Maceio 18
Manaus, Amazonas
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Conheça os primeiros espermatozoides criados em laboratório



Pela primeira vez no mundo cientistas ingleses anunciaram a criação de espermatozoides em laboratório que, eventualmente, poderão ajudar homens com problemas de fertilidade.

Porém, outros especialistas publicaram um artigo dizendo que não se convenceram com os resultados e ainda afirmaram que seriam necessários pelo menos mais cinco anos até que a técnica seja aperfeiçoada.

A pesquisa foi realizada da seguinte maneira: o primeiro passo dos cientistas foi com linhagens de células-tronco derivadas de embriões humanos doados após tratamentos de fertilização artificial. Houve a remoção das células-tronco dos embriões masculinos com poucos dias de vida e armazenadas em tanques de nitrogênio líquido.

Após o procedimento, as células-tronco se submeteram à temperatura do corpo e, posteriormente, depositadas em uma mistura química que estimulou seu crescimento. Para que os cientistas pudessem identificar e separar as células-tronco, eles “rotularam-nas” com um marcador genético aquelas que dão origem a óvulos e espermatozoides.

A meiose foi o processo pela qual as células-tronco masculinas passaram, dividindo pela metade seu número de cromossomos. As células sexuais (óvulos e espermatozoides) têm apenas 23 cromossomos, já as outras células do corpo têm 23 pares de cromossomos, num total de 46. Todo esse processo de desenvolvimento de espermatozoides durou de quatro a seis semanas.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Portal Educação

Clique aqui para ler este artigo na Enfermagem Virtual