Conheça os novos tratamentos contra celulite Macapá, Amapá

A cada dia que passa aumenta mais os recursos de tratamentos contra a celulite, para alegria das mulheres. A nova tendencia agora sao as injecoes de gás carbônico e ultra-som são novas armas contra a celulite. Saiba mais no artigo abaixo.

Med Center
(96) 3222-1231
r S José, 1704 Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
News Estetica
(96) 3223-7799
av Mendonça Furtado, 1007
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Clinica dos Olhos
(96) 3222-2131
r Cândido Mendes, 1299 ca A Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Mesoclin
(96) 3223-4248
av Procópio Rola, 2431 Santa Rita
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Clinica Dr Alexandre
(96) 3224-1776
av Dq de Caxias, 730
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Jose M Lobato
(96) 3223-3315
av Antônio Coelho Carvalho, 424 Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Centro de Estetica Selma
(96) 225-2500
r Tiradentes, 308 Altos Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Clinica de Estetica Antonyelle
(96) 3222-5759
av Raimundo Álvares Costa, 998
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Zeneide Alves
(96) 3224-2425
av Pres Getúlio Vargas, 1062
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Consultorio Dr Romerval
(96) 3222-5223
av 1de Maio, 192
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Conheça os novos tratamentos contra celulite

É na contagem regressiva para o verão que as mulheres começam a suar a camisa para passar no teste da areia. É também quando escolhem suas armas para combater a inimiga número um de qualquer espelho feminino: a celulite.

Injeções de gás carbônico, sessões de ultra-som e acupuntura estão entre os novos aliados da mulherada. Mas engana-se quem pensa que o resultado é instantâneo: o tratamento pode durar até três meses.

“Você não acaba com a celulite, ela é uma doença crônica, como a hipertensão. A pessoa tem que fazer o tratamento e mantê-lo com reeducação alimentar, aliada a uma atividade física. Não dá para enfiar o pé na jaca”, brinca a médica Karla Costa, da Sociedade Brasileira de Medicina Estética.

Segundo Karla, o tratamento adequado a cada paciente deve ser escolhido após uma consulta para avaliar quais as causas da celulite, que pode depender de fatores genéticos, hábitos de vida e problemas de retenção de líquido, entre outros.

E nem sempre o problema está associado à obesidade. Uma prova são as passarelas de moda, como a do Rio Summer, em que algumas modelos exibiram não só os modelitos de biquínis, como também os indesejáveis furinhos. 

Procedimentos mais invasivos

Para combatê-los, as armas usadas nas clínicas de estética estão cada vez mais potentes. Além das massagens e da drenagem linfática, que reduz a retenção de líquido no organismo, há procedimentos mais invasivos, como a carboxiterapia. 

Nele, o gás carbônico é aplicado na camada subcutânea da pele, diretamente no tecido gorduroso. A circulação sanguínea é estimulada, assim como a produção do colágeno, combatendo também a flacidez. Segundo Karla, são necessárias duas sessões por semana e o resultado começa a ser notado após três ou quatro semanas. O custo é de R$ 100 a R$ 120 por sessão.

As injeções também são usadas na mesoterapia, que é usada no combate à celulite desde a década de 70. Desde então, o que mudou foram as substâncias injetadas no organismo para queimar a gordura localizada, que ficaram mais eficazes. O resultado do tratamento – em que podem ser usados cafeína, chá verde, silício ou ioimbina, entre outros – é notado após a quarta sessão, mas podem ser necessárias até 20 sessões.

Laser a caminho

Os tratamentos com ultra-som também vêm ganhando cada vez mais adeptas nas clínicas de estética. Segundo o médico Daniel Cunha Bittencourt, nesse procedimento as células de gordura são “quebradas” e explodem. O material liberado é drenado e parte dele é eliminado pela urina.

“Novidades muito boas estão por vir para o ano que vem, inclusive o tratamento a nível local combatendo a celulite com laser. É uma fibra ótica do laser por dentro da pele”, explica Bittencourt, do Centro de Pós-graduação em Medicina Estética Biotraining, onde vem aumentando a procura por tratamento, com a proximidade do verão. 

O tempo de duração de cada tratamento depende do grau da celulite na paciente. No primeiro deles, mais comum nas adolescentes, a celulite é bem discreta e a região tem que ser comprimida para que os famosos “furinhos de casca de laranja” apareçam. No estágio seguinte, os furinhos passam a ser vistos quando a pessoa está em movimento.

No terceiro grau, a celulite é notada mesmo quando a pessoa está parada, em pé. Já no quarto estágio são notados nódulos, que doem quando são apertados. Eles também são mais disseminados e há comprometimento da circulação.

Carboidrato é 'fábrica' de celulite

Para quem prefere cremes, a novidade é uma máscara de citrino, inspirada em pedras preciosas. Segundo Flávia Brunoro, especialista em estética da Clínica Più Bella, a máscara é voltada para quem quer diminuir a celulite e acabar com os indesejáveis pneus, além de apresentar extratos vegetais que atuam na tonificação da pele. O tratamento tem a duração de uma hora e deve ser feito a cada três dias.

Mas, por mais milagroso que pareça, nenhum tratamento tem efeito duradouro sem que venha acompanhado de uma alimentação balanceada, exercícios físicos e mudanças de hábito.

“A alimentação influencia muito. Carboidrato, por exemplo, é maravilhoso para fabricar celulite. Deve-se ainda evitar laticícios à noite, quando o organismo está se preparando para dormir, assim como alimentos crus, que dificultam a digestão”, explica Karla Costa.

No dia-a-dia, a dica é beber bastante líquido, além de evitar roupas muito apertadas ou ficar sentada ou em pé por muito tempo. Já a acupuntura ajuda a tratar as causas da celulite e a manter o resultado dos tratamentos realizados.

“É um segredo das imperatrizes chinesas guardado a sete chaves. Agora está muito em voga. Não adianta tratar só as conseqüências, tem que tratar as causas também”, conta Karla.

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica