Cílios: realce o seu olhar! Diadema, São Paulo

O artigo mostras tecnicas bem legais de como deixar o cilios lindos e perfeitos para aquele olhar sedutor. Aproveite essas técnicas para, sem sacrifícios ou mudanças radicais, valorizar o que você tem de bonito, seus olhos. Veja mais no artigo abaixo.

Cílios: realce o seu olhar!

Aproveite essas técnicas para, sem sacrifícios ou mudanças radicais, valorizar o que você tem de bonito, seus olhos.

Não importa seu tipo de pele ou biótipo físico, só é necessário ter boa vontade.

Segundo a especialista, Sônia Machado, do Jacques Janine, “É possível aplicar três técnicas para alcançar o resultado esperado pela cliente. Posso fazer o alongamento de cílios mais o permanente, sem causar nem dano aos cílios naturais”.

Então, escolha o que é melhor para seu novo visual e siga em frente!

Alongamento de cílios
É indicado para qualquer pessoa desde que tenha cílios, independente do tamanho e quantidade. Aplicação demora em torno de 2h, pois o material é colocado fio por fio. O Alongamento dura em média 45 a 60 dias, nesse período há necessidade de manutenção. Para aumentar a durabilidade da aplicação é recomendável não esfregar os olhos, não usar rímel e produtos que contenham óleo.

Tufinhos
A aplicação é feita com 3 a 4 fios unidos por náilon em forma de tufos. Nesse caso, o cliente pode escolher utilizá-lo em apenas uma ocasião especial ou que dure em torno de 2 meses. A aplicação demora 1h e também é recomendável para qualquer pessoa desde que tenha cílios, independente do tamanho e quantidade. Não é recomendável usar rímel. O Tufinho que dura até dois dias sai mais em conta, o serviço que oferece durabilidade de até 2 meses custa mais caro.

Permanente de cílios
É ideal para mulheres que tenham cílios retos, em geral as orientais. É colocado um mini-bobe aplicado um produto especial para permanente. Depois de 15 minutos, o produto é retirado e os cílios são tingidos. Nesse caso, pode utilizar rímel. O permanente dura em média 2 meses, é recomendável não esfregar os olhos e não utilizar produtos que contenham óleo.

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica