Avaliando o S10 2.4 Flexpower da Chevrolet Cascavel, Paraná

Líder absoluta no segmento das picapes médias desde o seu lançamento em 1995. A Chevrolet S10 ganhou mais um trunfo no início do ano passado com a chegada da versão 2.4 Flexpower. O motor quatro cilindros de 2.405 cm3 e oito válvulas -- que já era bom -- passou a funcionar com álcool, com gasolina ou com a mistura dos dois combustíveis em qualquer proporção.

Auto Lago Veículos
(45) 3038-1110
av Rocha Pombo, 1294,São Cristóvão
Cascavel, Paraná

Dados Divulgados por
Autos Batidos Dois Irmãos
(45) 3227-2639
r Laranjeiras Sul, 1318
Cascavel, Paraná

Dados Divulgados por
Amilcar Veículos
(45) 3037-5061
av Brasil, 3528, Gramado
Cascavel, Paraná

Dados Divulgados por
Apoteose Veículos
(45) 3225-5542
r Rio Grande do Sul, 2280, Centro
Cascavel, Paraná

Dados Divulgados por
Autolandia Veículos
(45) 3324-3113
r Carlos Gomes, 905, Universitário
Cascavel, Paraná

Dados Divulgados por
Automobille Multimarcas
(45) 3327-1441
av Pres Tancredo Neves, 1575, Centro
Cascavel, Paraná

Dados Divulgados por
Automóveis Paraná
(45) 3225-3900
r Carlos Gomes, 3700, Centro
Cascavel, Paraná

Dados Divulgados por
Aquisivel Veículos Ltda
(45) 3226-0028
av Assunção, 736, Alto Alegre
Cascavel, Paraná

Dados Divulgados por
Berte Veículos
(45) 3224-1797
r Carlos Gomes, 2555, Parque São Paulo
Cascavel, Paraná

Dados Divulgados por
Auto Favarin Comissionaria de Veículos
(45) 3227-1617
r Maringá, 1805, São Cristovão
Cascavel, Paraná

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Avaliando o S10 2.4 Flexpower da Chevrolet

Fornecido por:

Esta sim tem o poder!

 

Líder absoluta no segmento das picapes médias desde o seu lançamento em 1995, a Chevrolet S10 ganhou mais um trunfo no início do ano passado com a chegada da versão 2.4 Flexpower. O motor quatro cilindros de 2.405 cm3 e oito válvulas -- que já era bom -- passou a funcionar com álcool, com gasolina ou com a mistura dos dois combustíveis em qualquer proporção. Resultado: ficou melhor ainda.

 

Além da flexibilidade na hora de abastecer, a S10 com motor bicombustível ganhou em força e desempenho. Enquanto o antigo motor convencional a gasolina rendia 128 cv de potência máxima, o atual Flexpower desenvolve 147 cv quando abastecido com álcool e 141 cv com gasolina. O torque (força) continua sendo de 21,9 kgfm, porém já aparece em rotações mais baixas, proporcionando arrancadas mais rápidas e retomadas mais seguras.

 

A transmissão, com cinco marchas bem escalonadas, também surpreendeu pela maciez. Mas antes que as madames de plantão me apedrejem, é bom esclarecer que o câmbio das picapes médias costumam exigir um esforço maior dos motoristas no trânsito, o que não é o caso desta S10. Há o esforço sim, porém nada que uma "dama" não consiga manusear.

 

SEGURANÇA

 

O conforto na condução desta S10 é ainda garantido pelo sistema "Drive by Wire", um conjunto formado pela válvula de aceleração com motor de passo eletrônico e o pedal de acelerador eletrônico, que propicia acelerações mais homogêneas e respostas mais precisas.

 

Apesar de não ter tração nas quatro rodas, a S10 2.4 Flexpower provou ter estabilidade, mesmo em terrenos irregulares, graças ao sistema Trac-Lock, de controle anti-deslizante das rodas traseiras. Quando uma dessas rodas patinava, o sistema transferia a força do motor para a outra, garantindo mais segurança à picape.

 

INTERIOR

 

Uma das vantagens das picapes médias é a posição de dirigir mais elevada, e a S10 2.4 Flexpower não foge à regra. Além de permitir boa visibilidade, a S10 oferece uma boa ergonomia. Os comandos são bem posicionados e o material usado, apesar de predominar plástico duro no painel e tecido aveludado nos bancos, é agradável ao toque.

 

Entretanto, quem viaja atrás não tem uma impressão tão boa assim da picape. Primeiro, porque o acesso é um pouco difícil. O banco traseiro é baixo e tem espaço reduzido para as pernas. Quem vai no meio, então, só tem motivos para reclamar: falta apoio de cabeça e cinco de três pontos.

 

Projetada para levar carga, a S10 tem -- e precisa ter mesmo -- uma suspensão forte e dura. Porém, a versão Flexpower recebeu alguns acertos na suspensão traseira, que a deixou um pouco mais macia. Ela continua pulando em pisos irregulares, porém bem menos do que os modelos anteriores.

 

A S10 2.4 Flexpower Advantage, igual ao modelo avaliado pelo AUTOPISTA, tem preço sugerido de R$ 64.146,00 (com todos os opcionais, inclusive pintura perolizada, que custa R$ 1.526,00). O modelo sem os opcionais custa R$ 56.423,00. Ou seja, para quem busca uma picape média cabine dupla que ofereça uma boa relação custo-benefício, a S10 2.4 Flexpower é uma boa pedida. Não foi à toa que ela foi responsável por 59% dos emplacamentos da S10 no ano passado...

    

Clique aqui para ler este artigo na Autopista.com