Aumente suas chances no mercado de trabalho Mossoró, Rio Grande do Norte

Sabe aquela sensação despertada em você após assistir o noticiário das oito ou ler as manchetes do jornal pela manhã? Seria algo semelhante ao que o Chico Caruso ilustrou muito bem com um quadrado negro, escrito:"A coisa tá ficando preta". Leia mais abaixo.

Athos Comunicação Publicitária
(84) 3211-9818
r Olinto Meira, 1001 Alecrim
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Aragão Publicidade
(84) 3211-2031
av Campos Sales, 455 Tirol
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Ama Comunicação Integrada
(84) 3234-3556
r Tereza Campos, 2492 sl 17 Lagoa Nova
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Base Consultoria Marketing e Comunicação Ltda
(84) 3606-0310
r Tororos, 2240 Lagoa Nova
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
maranata noivas e festas
(84) 3205-0542
Av. Paraíba Nr 132, Cidade da Esperança
Natal, Rio Grande do Norte
 
Art & C Comunicação Integrada
(84) 3212-1293
av Romualdo Galvão, 920 Lagoa Nova
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Brava Publicidade
(84) 3205-0810
r Borges de Castro, 1226
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Armação Propaganda e Vialinear Eventos Ltda
(84) 3221-4010
r Dr Barata, 208
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Comunic Propaganda
(84) 3201-7707
r Mermoz, 173
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Bandeirantes Propaganda Potiguar Ltda
(84) 3653-1300
r Bom Pastor, 4579
Natal, Rio Grande do Norte

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aumente suas chances no mercado de trabalho

EM BUSCA DE NOVAS RESPOSTAS

Sabe aquela sensação despertada em você após assistir o noticiário das oito ou ler as manchetes do jornal pela manhã? Seria algo semelhante ao que o Chico Caruso ilustrou muito bem com um quadrado negro, escrito: “A coisa tá ficando preta”? :-) (charge publicada no Globo, no dia seguinte ao blecaute que atingiu mais da metade do país)

Nesse cenário de crise, há muito o que fazer. E, ao que parece, esperar não é uma boa opção. O cenário mudou e precisamos mudar com ele, desenvolvendo novas habilidades e, certamente, praticando uma nova mentalidade.

Diante de tantos desafios, as perguntas continuam as mesmas: Onde estamos? Aonde queremos chegar? Como chegaremos lá?

Estamos em busca dessas respostas. Podemos saber onde estamos. Podemos ter uma idéia de onde pretendemos chegar. E, muitos de nós, experimentamos um sentimento de incerteza frente às notícias que nos rodeiam, o que ainda não nos permitiu que visualizássemos, de uma forma específica, o COMO chegar lá.

Ainda assim, podemos intuir um caminho promissor: comunidades, grupos de aprendizado, equipes multidisciplinares, conselhos comunitários, cooperativas.

Pessoas com objetivos e interesses semelhantes, agregando recursos e iniciativas em busca de novas soluções.

CRIANDO CONEXÕES, POTENCIALIZANDO RECURSOS

Quando falamos em “fazer networking”, estamos falando numa forma especial de se relacionar e de estabelecer conexões com todas as pessoas que estão à nossa volta e com todas as que ainda podemos conhecer. E, nesse relacionamento, através dessas conexões, temos a oportunidade de compartilhar recursos, criar oportunidades e de crescer e aprender através da troca. Trata-se de cultivar relacionamentos mutuamente benéficos.

Uma vez cultivada, sua network será fonte de possibilidades infinitas. A sua rede de contatos vai atuar como rede de propaganda natural, se transformando na maior ferramenta de marketing e de divulgação de suas atividades. Também atuará como rede de oportunidades - uma vez que seus contatos saberão como identificar oportunidades promissoras para você. Funcionará também como rede de informações - você vai poder recorrer a ela em busca de dicas e informações confiáveis. Você terá também uma rede de segurança - caso você necessite de apoio. E também estará criando um banco de talentos, recursos e habilidades, agregando valor à sua vida pessoal e profissional. Vale ressaltar que tudo isso é uma via de mão dupla: o quanto você está disposto a colaborar com a rede, acaba determinando o que você obtém dela.

O grande desafio do networking, no entanto, é criar estruturas e ambientes para que essas trocas possam ocorrer: as pessoas possam interagir, os recursos e as informações possam circular, os esforços possam ser somados, os talentos e habilidades agregados e as idéias incentivadas, comprovando assim um antigo conceito que afirma que o todo é maior que a soma de suas partes.

A grande questão, portanto, é COMO proporcionar terreno produtivo para que relações em networking se estabeleçam, permitindo que todo esse potencial venha à tona.

Construir redes de relacionamentos pessoais é algo tão vital em nossas vidas que não devíamos deixar tão ao acaso, como viemos fazendo.

TECENDO REDES DE RELACIONAMENTOS

Criar e cultivar relacionamentos ao acaso pode ser uma atividade extremamente prazerosa, mas pode ser também que você não colha os frutos que gostaria. Pode receber muitas surpresas agradáveis, mas também pode ficar dando voltas em um mesmo lugar.

Na atividade de networking, assim como na PNL, a clara definição de objetivos também gera resultados mais rápidos e produtivos. Na verdade, são os seus objetivos pessoais e profissionais que vão guiá-lo no processo de estabelecer suas networks, ou seja, suas redes de relacionamentos pessoais.

As networks são como uma plantação: para render bons frutos, precisam ser alimentadas e cultivadas. São os seus recursos pessoais que a alimentam e seus objetivos que norteiam seu cultivo. Nesse ponto, o praticante de PNL leva uma vantagem.

PNL & NETWORKING

A prática diária da PNL proporciona a internalização de algumas habilidades vitais para o networker, a pessoa que pratica o networking em seu dia-a-dia. Os praticantes de PNL são orientados para os objetivos e estão sempre fazendo um inventário dos recursos que disponibilizam e de quais recursos precisam agregar, sabendo inclusive como criá-los ou resgatá-los.

Outra habilidade que a prática da PNL proporciona é a capacidade de se relacionar e criar conexões com as pessoas, mesmo que essas pessoas tenham um mapa, uma visão de mundo, bem diferente da sua.

Com objetivos em mente, os recursos disponibilizados e as habilidades interpessoais adquiridas, estamos aptos a iniciar uma promissora “carreira” em estabelecer networks e usufruir de todos os seus benefícios! :-)

O PERFIL DO NETWORKER

Nesse processo, uma postura é fundamental: mais importante do que se comportar como um networker é pensar como um networker. Dessa forma, os comportamentos e atitudes ocorrem como conseqüência de seu modelo mental.

O networker é uma pessoa flexível, que respeita e gosta das pessoas à sua volta e acredita que a diversidade de opiniões colabora com novas soluções pessoais, profissionais e sociais. Para isso, se cerca de pessoas das mais diferentes áreas, principalmente das áreas que possam agregar recursos aos seus projetos. Outra característica importante é a visão de longo prazo. Ele tem objetivos bem definidos, mantém seus contatos informados sobre suas atividades e buscas, demonstra disponibilidade em também ser um recurso para suas redes e, principalmente, sabe estreitar laços, fazer conexões e cultivar relacionamentos. Ele estabelece uma via de mão dupla, além de procurar recursos em suas redes para seus contatos, pensando sempre em oportunidades casadas.

POR ONDE COMEÇAR

Torne público seus objetivos e se aproxime de pessoas com seus interesses, que complementem suas habilidades e competências. A partir daí, as idéias são muitas. Participe, crie e incentive grupos profissionais, associações de ex-alunos, conselhos comunitários, comunidades de interesse, listas de discussão on line, e qualquer tipo de grupo que trabalhe em prol de um objetivo comum.

Crie grupos de estudo para somar recursos e compartilhar conhecimento, por exemplo. Pratiquem juntos, conversem sobre dúvidas e incertezas, troquem experiências e livros, otimizem os recursos (seus e de sua rede) para adquirir novas ferramentas. Se um pressuposto da PNL é que temos todos os recursos que precisamos, imagine vários “potenciais ilimitados” reunidos. Vivemos em um mundo complexo demais para darmos conta sozinhos.

Pensar e produzir em grupo. Eis o desafio. E o segredo, na minha opinião, é tomar essa responsabilidade para si, criando alternativas para agregar pessoas. Por onde você pode começar? :-)

Andréa Lèbre, Publicitária, Trainer em PNL e autora do livro “Networking – como Criar, Manter e Usufruir de sua Rede de Contatos”, editado pela Qualitymark.
Contato: Andrea Lebre

Home page: http://www.networker.com.br

Clique aqui para ler este artigo na Sua Mente