Aprendendo dicas de sucesso para telemarketing Manaus, Amazonas

Aprenda as principais habilidades desejáveis para um profissional de atendimento ao cliente. Apesar da infinidade de marcas, apenas as melhores o farão decidir para levar para a empresa. Considere então as duas principais variáveis de um produto, o seu produto, como a Embalagem e o Conteúdo.

Valdenor Souza Brasil
(92) 671-6000
r L Muniz, 572
Manaus, Amazonas
 
Silva L Epaminondas
(92) 637-0989
r Dom João, 789, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Edtel Telecom
(92) 234-8607
av Constantino Nery, 1504, sl e, Centro
Manaus, Amazonas
 
Northtecom Const Telec Norte Ltda
(92) 644-6623
r Rocha dos Santos, 137, qd e, Centro
Manaus, Amazonas
 
Telcenter
(92) 622-7120
r Professor Marciano Armond, 1584, Adrianopolis
Manaus, Amazonas
 
Cassia Maria Benevides Mota
(92) 232-4381
r Primeiro de Maio, 114, Aleixo
Manaus, Amazonas
 
Momento Sorte
(92) 234-3410
r Doutor Moreira, 77, Centro
Manaus, Amazonas
 
Boate dos Ingleses
(92) 232-6793
bvd Vivaldo Lima, 33, Centro
Manaus, Amazonas
 
Construtel Telecom e Eletricidade Ltda
(92) 233-9317
bc Tarumã, 1573, sl a, Praça 14 De Janeiro
Manaus, Amazonas
 
Techtel Telecom Ltda
(92) 642-1108
r Paraíba, 2429, bl camel ap 204, Coroado
Manaus, Amazonas
 

Aprendendo dicas de sucesso para telemarketing

O que o faz diferente dos outros?

Vale fazer um exercício para pensar que aos olhos dos selecionadores, os candidatos são como produtos, mas de marcas diferentes, empilhados em prateleiras de supermercado, esperando para serem comprados? Certamente você não é um objeto, mas é uma unidade em meio a várias parecidas, e ele precisa escolher a melhor. VOCÊ!

O segredo está exatamente na afirmação “parecido com os outros”. Apesar da infinidade de marcas, apenas as melhores o farão decidir para levar para a empresa. E a melhor das notícias é que se você se conhecer bem - considere aí, além da qualidade interna, a embalagem e o efeito provocado nas pessoas - poderá convencer o selecionador de que é a melhor opção. Como? Descobrindo e avaliando suas habilidades. Pense em ser diferente e tenha mais aumente as suas chances.

Considere então as duas principais variáveis de um produto, o seu produto, como a Embalagem e o Conteúdo.

Embalagem - A sua imagem, assim como a do seu currículo, são o ponto de partida. Quando desenvolvem produtos, as empresas procuram cuidar de aparência, e mais ainda de sua embalagem, porque sabem que quanto mais práticas e bonitas elas forem, mais saltarão aos olhos do consumidor. O mesmo vale para nós em relação ao mercado de trabalho. Causar uma impressão agradável na outra pessoa, seja por meio de um currículo bem formatado e escrito, seja por meio de uma aparência discreta, é sinal de profissionalismo. Aposte muito nisso!

Conteúdo - As suas habilidades - o conteúdo da embalagem - são a parte mais importante desse processo. Elas fazem de você um ser único, e se bem trabalhadas, auxiliam no desenvolvimento profissional. As habilidades dividem-se em:

Habilidades baseadas no conhecimento: referem-se à experiência e à sua formação escolar, independente se você está no ensino médio ou formação universitária em conclusão ou temporariamente trancada. Valorize-as sempre.

Habilidades pessoais: características que fazem de você o que você é e há várias outras que são adquiridas no decorrer da sua carreira profissional. Na verdade, a absoluta maioria das habilidades você vai conquistar através da vivência e dos treinamentos que receber. Para citar um exemplo, as habilidades necessárias para se transformar num operador de telemarketing que eu prefiro rebatizar como “agente de atendimento”, são 7 (sete) a saber:

Comunicação – Sendo específico, esperamos que um agente de atendimento possua a objetividade e poder de persuasão na comunicação, que tenha uma forma de expressão verbal clara e concisa. É importante ser um ouvinte atencioso e uma capacidade de interpretar necessidades e resumi-las em textos curtos, normalmente utilizados nos registros das chamadas que faz (ativo) ou recebe (receptivo). Evidentemente, evitar erros de concordância, não ter vícios de linguagem e não utilizar gírias são pré- requisitos.

Empatia – Vou definir como um talento para colocar-se na situação do interlocutor (consumidor), entender suas necessidades e propor soluções de acordo com os produtos ou serviços que tem a sua disposição na empresa que atua.

Administração do tempo – Em uma central de atendimento, o tempo utilizado durante o contato é um artigo precioso. É necessário então que a comunicação seja feita dentro de alguns padrões de tempo, sem perda da qualidade desta comunicação. Valoriza-se muito os agentes de atendimento que possuem maior poder de concisão, que valorizam o conteúdo da mensagem, sem perda da comunicação.

Capacidade de superação – Esta habilidade é necessária para que ele não se desmotive com as mudanças e pressões por novos objetivos, sejam eles relacionados com metas, horários pré-estabelecidos, mudanças de roteiro, reciclagens, novos argumentos, novos produtos. Isto representa que este profissional precisa ter a capacidade de reinventar-se a cada novo desafio e entender as mudanças e usá-las a seu favor como diferencial. Nesta competência, deve-se ter o cuidado de observar se ele utiliza os caminhos da ética e do que é legal, mas não é ético.

Resiliência – Esta talvez seja a habilidade mais controversa e relaciona-se com a capacidade de absorver as críticas dos consumidores, sem interferir na habilidade da empatia, isto é, nas situações onde o agente de atendimento é submetido a uma carga negativa de insatisfação do consumidor, independente da razão, espera-se que este profissional seja capaz de anular as críticas e possíveis ofensas recebidas e entender que reside nesta demonstração de insatisfação, uma oportunidade de buscar no portfólio de produtos ou serviços que representa a melhor alternativa para satisfazer as necessidades do consumidor. É praticamente bíblico... dê a outra face e argumente !

Trabalho em equipe – Embora cada ligação de um consumidor é atendida por um único profissional, os indicadores de performance são normalmente coletivos e subdivididos em grupos menores por supervisão, coordenação, em grupos maiores por site no caso de grandes centrais de atendimento em mais de um local. Cabe então a ele entender e assimilar que os indicadores de desempenho são coletivos, pois um mesmo consumidor precisa ter atendimentos excepcionais mesmo que fale com profissionais diferentes cada ligação que faz para sua central de relacionamento.

Atitude – Das várias definições separei a que mais se identifica com o objetivo deste trabalho – Atitude é agir, realizar, romper barreira, ultrapassar desafios, comportamento positivo, enfim, fazer acontecer. A atitude é uma ótima ferramenta com capacidade de superar muitos desafios.

As habilidades são a base da estratégia que o profissional pode usar para conseguir um novo emprego. Elas são seu grande trunfo, e também o que mais interessa aos selecionadores. Por isso, aproveite você também para se conhecer e tirar bom proveito disso! A Factor irá lhe auxiliar no desenvolvimento destas habilidades no módulo de treinamento chamado CONQUISTA. Informe-se no site www.factor9.com.br ou tire suas dúvidas através do email factor9@terra.com.br .

Até a próxima oportunidade !

 

Eduardo Varela

Pós Graduado pela FGV em Gestão Empresarial. Atuação na gestão de centrais de relacionamento com o cliente, envolvendo a administração operacional de contratos, satisfação de clientes, de colaboradores e acionistas. Experiência de quinze anos na gestão de unidades de atendimento ao cliente com habilidade em definir e administrar as políticas operacionais e administrativas para atendimento dos SLAs esperados, com visão de planejamento estratégico e com excelentes resultados alcançados na redução dos custos de turn over e absenteísmo. Experiência na implantação e gerenciamento de operações de relacionamento na área de vendas, retenção, SAC, suporte técnico e cobrança. Contatos para edrdvarela@hotmail.com

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com