Aprendendo a resolver problemas em geral Araguaína, Tocantins

Existe uma regra utilizada para resolver problemas, uma seqüência que não só pode como deve ser quebrada, pois a regra por si só já é um problema. Quando nos vemos frente a frente com um problema, o que nós fazemos em primeiro lugar? Aprenda no artigo abaixo.

Clínica Psicológica Alma
(63) 3412-8093
r Ver Falcão Coelho, 366, São João
Araguaína, Tocantins

Dados Divulgados por
Norte Clínica Médica de Psicologia de Trânsito
(63) 3414-0246
av Bernardo Sayão, 1675, Vila Cearense
Araguaína, Tocantins

Dados Divulgados por
N. S. Pereira
(63) 3415-3120
r Primeiro de Janeiro, 1064, Ed Pal das Acacias Sl 38, St Central
Araguaína, Tocantins

Dados Divulgados por
Consult Psicologia Organizacional e Clin
(63) 821-2655
r 1 Janeiro, 1064, qd 3 lt 1 sl 38
Araguaína, Tocantins
 
N. S. Pereira
(63) 3415-3120
r Primeiro de Janeiro, 1064, Ed Pal das Acacias Sl 38, St Central
Araguaína, Tocantins

Dados Divulgados por
Clínica Psicológica Alma
(63) 3412-8093
r Ver Falcão Coelho, 366, São João
Araguaína, Tocantins

Dados Divulgados por
Norte Clínica Médica de Psicologia de Trânsito
(63) 3414-0246
av Bernardo Sayão, 1675, Vila Cearense
Araguaína, Tocantins

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprendendo a resolver problemas em geral

Ação corretiva é uma atividade que possibilita determinar exatamente algum tipo de problema, seja ele em qualquer área, setor ou departamento de sua vida pessoal ou corporativa. A ação corretiva torna a sua resolução mais eficaz e direta gerando, desta forma, mais economia para a empresa e menor desperdício de energia em situações corriqueiras do dia-a-dia.

Existe uma regra utilizada para resolver problemas, uma seqüência que não só pode como deve ser quebrada, pois a regra por si só já é um problema. Quando nos vemos frente a frente com um problema, o que nós fazemos em primeiro lugar? Sei que a pergunta parece um tanto quanto óbvia, mas é através desta resposta que você vai perceber qual é o caminho mais eficaz para a resolução de seus problemas.

Resolvemos primeiramente a conseqüência que o problema gerou e nos esquecemos de resolver, analisar e entender a causa que o originou. Desta forma, garantimos que o problema irá se repetir, pois a sua conseqüência original não foi solucionada. Resolvendo a causa original, podemos eliminar o problema e até evitar que volte a acontecer. Quando resolvemos somente a sua conseqüência, estamos tapando o sol com a peneira e garantindo que o mesmo problema irá se repetir. Mesmo com um cotidiano agitado, podemos analisar calmamente nossas mais diversas e inesperadas situações do dia-a-dia e, assim, obtermos melhores resultados em nossas vidas. A ação corretiva é uma ferramenta que possibilita mais tempo livre, pois seus problemas e adversidades são facilmente resolvidos e solucionados. As respostas estão mais perto do que você imagina. Pare, reflita, analise calmamente as situações e aplique a ação corretiva na causa original, sem se esquecer de resolver as conseqüências que o problema inicial gerou. Para isto, siga alguns passos simples e rápidos, que não requerem esforço nem muito tempo de suas atividades, evitando assim o desprendimento de energia em situações desnecessárias:

Os cinco passos da Ação Corretiva:

1. Defina exatamente qual o problema a ser trabalhado;

2. Pesquise quais são as causas originais deste problema;

3. Faça o registro de dados;

4. Aplique a ação corretiva na causa (o que é preciso para solucionar o problema); 5. Faça o monitoramento dos resultados, garantindo que o problema não vai se repetir. Dicas: Faça isso com um problema, uma situação por vez, desta forma você garante um melhor resultado em seu trabalho, a melhor solução para o problema e o nível de satisfação pessoal ou empresarial será maior.

Mas, acima de tudo, confie sempre no seu potencial, nas suas qualidades e capacidades, siga as dicas para solucionar seus problemas, encontrar algumas respostas. Nunca se esqueça de confiar em sua força interior, que é a melhor ferramenta para resolver qualquer tipo de problema.

Thiago Cury

Clique aqui para ler este artigo na WebArtigos.com