Aprendendo a combater as dores com hipnose Manaus, Amazonas

Aprenda no artigo abaixo como combater as dores e as doses de remédios com a hipnose. A hipnose é um fenômeno de pensamento, uma alucinação positiva em que o paciente irá visualizar algo que não existe. A hipnose no tratamento da dor é benéfica por provocar a redução dos níveis de anestésicos e analgésicos.

João BL Botelho
(92) 234-5609
bc Ribeiro, 520, sl 705, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Wellington Sampaio
(92) 236-1672
r Acre, 31, bl 31 b ap 3, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
João LP Machado
(92) 232-4559
bc Ribeiro, 620, sl 203, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Paulo MG Lobo
(92) 633-1764
r Ramos, 89, São José Operário
Manaus, Amazonas
 
Antônio Lg Matos
(92) 236-7505
av C Nery, 2240
Manaus, Amazonas
 
Roberto O Mello
(92) 232-3915
r C Azevedo, 9, sl 206
Manaus, Amazonas
 
Luciana SM Vieira
(92) 233-1878
r Ferreira, 1297
Manaus, Amazonas
 
Silval B Rodrigues
(92) 533-3413
pc Quatorze de Maio, 1643, bv, Centro
Parintins, Amazonas
 

Aprendendo a combater as dores com hipnose

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Ir à farmácia e comprar remédios para diferentes tipos de dor que aparecem no decorrer dos dias não é nada agradável. Mas nem tudo está perdido! Alguns estudos apontam que a hipnose pode ser um método eficiente no tratamento da dor e, em alguns casos, na redução de doses de medicamentos.

“A hipnose é um fenômeno de pensamento, uma alucinação positiva em que o paciente irá visualizar algo que não existe”, explica o hipnoterapeuta e presidente do Instituto Milton H. Erickson de Hipnoterapia Educativa de São Paulo. Ele acrescenta ainda que se uma pessoa sofre de dores motivadas por queimadura, por exemplo, a hipnose fará com que está pessoa se imagine em algum lugar frio, buscando uma sensação de frescor.

De acordo com o psicólogo Bayard Galvão, a hipnose no tratamento da dor é benéfica por provocar a redução dos níveis de anestésicos e analgésicos, atuando como coadjuvante nos quadros clínicos que exigem prescrição de medicamentos.

Mulheres que passaram por cirurgia de câncer de mama utilizaram menos anestesias durante a operação quando foram previamente submetidas a um processo hipnótico. Elas também relataram menos efeitos colaterais, como dor, náuseas, fadiga e estresse emocional no pós-cirúrgico; assim mostrou uma pesquisa recente realizada por cientistas da Escola de Medicina Monte Sinai, nos Estados Unidos.

As participantes do estudo receberam 15 minutos de hipnose ou apenas uma conversa com um psicólogo antes de sua cirurgia. Dessa forma, elas foram instruídas com sugestões de relaxamento, como mentalizar imagens agradáveis e instruções sobre como usar a hipnose em si.

Galvão explica que o tratamento tem como objetivo trabalhar sensações corporais opostas à sensação da dor, que pode ser desde uma cefaleia até uma dor crônica, motivada por um câncer. “A hipnoanalgesia, que é o estado de dormência, provocado pelo método, pode ter diferentes níveis e intensidades”.

Além disso, o tratamento serve para eliminar a memória da dor, que é quando a mesma permanece em virtude da repetição durante dias, provocando uma rede neural gerada por este estímulo.

Quanto às contraindicações, a única existente na hipnose se dá em tratar a doença sem saber a sua real causa; ou seja, é preciso saber a origem da dor para tratá-la.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Portal Educação

Clique aqui para ler este artigo na Portal Medicina Alternativa