Aprendendo a arte do reconhecimento Cuiabá, Mato Grosso

Aprenda a arte do reconhecimento e ajude a fazer o dia de alguem melhor. Não simplesmente nesses termos, não precisa ser na forma de bens materiais. Um elogio, uma oração, um desejo sincero de bons sentimentos...Carinho, atenção, apresso e amor são os presentes mais valiosos que você pode dar a alguém e não custam absolutamente nada.

Revivere Clínica de Psicologia
(65) 3623-8521
r Cmte Costa, 1496, Centro Sul
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Psicoclínica
(65) 3321-8717
av Gal Vale, 293, Bandeirantes
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Clínica Psicológica
(65) 3623-0375
r Ten Cel Thogo S Pereira, 255 an 3 s 302, Centro Sul
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Carla Cristina
(65) 3642-2480
av Hist Rubens Mendonça, 1856 s 203, Bosque da Saúde
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Keli Virginia Ebert
(65) 3626-5626
av Miguel Sutil, s/n Santa Rosa Tower Sala 1606, Santa Rosa
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Renata Moron Garcia Pirota
(65) 3626-5626
av Miguel Sutil, 8000 Edif. Santa Rosa Tower - Sala 1606
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Novais, Nilma G
(65) 3322-5291
r Manoel Garcia Velho, 232, Bandeirantes
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Susej Clínica de Pscicologia
(65) 3642-1082
av Hist Rubens Mendonça, 1836 s 101, Jardim Aclimação
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Consultório Tedilamar Arfox
(65) 3642-5066
av Hist Rubens Mendonça, 1836 s 108 an 3, Jardim Aclimação
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Canavarros, Cristina M M
(65) 3623-4428
r 24 Outubro, 324, Centro Norte
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprendendo a arte do reconhecimento

ARTE DO RECONHECIMENTO

Um salto para a qualidade nos relacionamentos

Camila Camargos

A arte do reconhecimento é pressuposto para a garantia de um relacionamento sustentado na sinceridade e na confiança. É certo, que nos tempos atuais muitos valores vêm sendo perdidos no tempo. Por vezes, nos pegamos presos a rotinas, abarrotados por trabalhos e afazeres que consomem cerca de 70% a 90% de nosso tempo.

 Não obstante o atual padrão de vida das sociedades, podemos optar por práticas de fácil adoção, tais quais propiciem resultados instigantes. Por exemplo, podemos decidir por em prática a “lei da doação”, consistente em dar algo a outra pessoa. Não simplesmente nesses termos, não precisa ser na forma de bens materiais. Um elogio, uma oração, um desejo sincero de bons sentimentos...Carinho, atenção, apresso e amor são os presentes mais valiosos que você pode dar a alguém e não custam absolutamente nada.

 Em vez de condenar as pessoas, tentemos compreende-las, tentando descobrir por que elas fazem o que fazem. Isso é muito mais proveitoso e interessante do que criticar, além de despertar simpatia, tolerância e caráter.

 Cada dia é um seqüestro de um momento que se vai, que passa, se perde, se consome. No entanto, podemos semear basta um manifesto, um gesto para que no dia certo um salto nos faça chegar.

 Busquemos a cada instante uma fatia de alegria, de euforia, de sintonia entre eu e você, entre o ser e o saber reconhecer.

 Que o presente seja o maior presente que podemos ter, para dentro de nós olhar...e viver, poder enxergar, e entender.

 A arte do reconhecimento é o impulso que faz crescer, que joga para frente e desperta sonhos e desejos.

 Acreditar, confiar...Reconhecer é alavancar critérios, desvendar mistérios, restaurar a fonte que torna capaz recomeçar.

 É reestabelecer trilhas, reinventar momentos, saltar nos sentimentos e rabiscar pensamentos na página que lhe confere do livro da vida de quem por você passa, e em você deixa fatias de seu saber...E assim a arte se refaz e a vida se renova em fortes bases de reconhecimento. Para reinventar histórias, resgatar momentos, conquistar amigos e sentimentos.

Camila Camargos Mineira, escritora- Autora do livro Fragmentos de Luz, colunista no site www.cyberbalada.com, escreve sempre artigos voltados para a fé, e o comportamento humano.e-mail: camilamcamargos@yahoo.com.br

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com