Aprenda tudo sobre crédito consolidado Criciúma, Santa Catarina

Fazer um credito consolidado pode ter sido uma solução para o seu caso de sobre-endividamento actual. Mas agora proceda com cautela. Existem alguns cuidados que deve empregar depois de fazer um credito consolidado.

Banco do Estado de Santa Catarina S/A
(48) 3216-6500
pça Quinze de Novembro, 329, An 3, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Banco Safra S/A
8001-51234
r Arcipreste Paiva, 187, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Crediveleiro Fomento Mercantil Ltda.
(48) 3225-0020
r Silva Jardim, 1050, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Fininvest Negócios de Varejo Ltda
(48) 2106-2950
r Felipe Schmidt, 399, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Cooperativa de Economia e Credito Mutuo dos Militares Estaduais de Santa Catarina-credpom
(48) 3223-3646
av Rio Branco, 1064, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Banco Citibank S/A
8009-92484
r Bocaiúva, 1600, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Financeira Alfa S/A Crédito Financiamento e Investimentos
(48) 3225-6570
av Mauro Ramos, 1450, Lj 1, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Costa Cash
(48) 3224-1261
r Ten Silveira, 200 S 305 Ed Atlas, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Banco BMG S/A
(48) 3223-6098
r Cristóvão Nunes Pires, 110, An 10 Sl 1001, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A
(80) 0541-8855
r Arcipreste Paiva, 135, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprenda tudo sobre crédito consolidado

Fazer um credito consolidado pode ter sido uma solução para o seu caso de sobre-endividamento actual. Mas agora proceda com cautela. Existem alguns cuidados que deve  empregar depois de fazer um credito consolidado:

  1. Poupe e afaste-se de novos créditos. Tendo a sua situação mais  aliviada  a tentação de se usar a poupança conseguida com o credito consolidado em novos créditos é grande. Não proceda desta forma, senão  progredirá  a passos largos para a bancarrota.  Os créditos consolidados permitem ás famílias aumentar as suas poupanças mensalmente, mas é este o único destino que deverá dar ao dinheiro que lhe sobra ao final do mês: "poupança". Não se esqueça que agora vai estar endividado muitos mais anos e se não tiver um pé de meia de pelo menos 5 a 6 rendimentos mensais do seu agregado familiar poderá encontrar-se repetidamente  em maus lençóis. A titulo de exemplo, se o seu agregado familiar aufere por mês de mil euros, não pare enquanto não conseguir pôr de parte no mínimo 6 mil euros, isto permitir-lhe –á manter  a sua situação segura durante seis meses mesmo em caso de desemprego  súbito.
  2. Amortize a sua divida. Com a poupança real que vai criando, use parte para poder pagar a sua divida. Quanto mais conseguir amortizar e melhorar a sua situação de endividamento, melhor imagem terá junto das entidades financeiras e melhores taxas de juro poderá negociar com elas. Isto é um circulo vicioso, os juros nos créditos consolidados são altos porque são  conduzidos  para pessoas que estão "com a corda na garganta", e por isso são considerados créditos perigosos, de alto risco. Agora, associado aos créditos de alto risco irão estar sempre as altas taxas de juro e é destas que você deve lutar por fugir. Bom pagador significa juros baixos e é isto que você deve ter constantemente em mente se pretende melhorar a sua qualidade de vida . Saiba mais sobre o credito consolidado no meu blog: crédito consolidado .  

Clique aqui para ler este artigo na WebArtigos.com