Aprenda a vencer suas inseguranças Macapá, Amapá

Analise como o medo pode interferir nas suas decisões. Compreenda a sua função na idade antiga e como ele contribui no julgamento das decisões. O autor Frederico Graef comenta as crenças acerca desse sentimento.

Psicólogos Assoc
(96) 224-3019
r Tiradentes, 665, als, Laguinho
Macapá, Amapá
 

Aprenda a vencer suas inseguranças

Todos nós queremos mais resultados da vida, mais abundância, mais felicidade, melhores relacionamentos, mais qualidade de vida e mais prosperidade. Estes são anseios naturais e já vêm conosco desde que nascemos. Todos nós buscamos e trabalhamos para alcançar estes objetivos Contudo, o que nos impede de alcançar estes sonhos e metas? De uma forma bem geral, são crenças limitantes que temos sobre nós e sobre o mundo. Dentre elas, uma das mais significativas é o medo.

O medo é um sentimento que tem sua origem nos primórdios do homem e teve realmente um papel fundamental na evolução humana. De fato, o medo gerava a atenção com a sobrevivência, a preservação da espécie, o foco nas situações básicas relativas à segurança. Enfim, no início da humanidade o medo foi de extrema utilidade pois auxiliou os homens a se perpetuarem e a evoluírem.

Contudo, no mundo moderno, o medo efetivamente é um peso, uma amarra, um limitador que nos impede de vivermos toda a nossa totalidade. Temos vários tipos de medo. Temos medo da mudança, medo do desconhecido, medo da pobreza, medo do erro, medo do fracasso, medo da rejeição, medo de parecer ridículo, medo da crítica e do julgamento dos outros e assim por diante. Todavia, estes tipos de medo têm praticamente nenhuma relação com o medo original que existia nos homens (aquele relativo à sobrevivência). Os tipos modernos de medo são decorrentes da civilização, da vida atual, da competitividade em que vivemos, de uma série de restrições que nos impomos, de todo o processo social e cultural que vivemos. Enfim, muitas situações são criações de nossa mente e fruto das crenças limitantes que temos sobre o mundo e sobre nós mesmos.

Neste sentido, um dos grandes avanços que uma pessoa pode vivenciar é expandir seus mapas mentais, ter mais clareza a respeito de si e do mundo e ter novas leituras sobre a realidade que nos cerca, possibilitando assim alcançar mais resultados na vida, ter mais abundância e mais prosperidade. Estes medos mentais (chamemos assim) podem ser vencidos de várias formas: auto sugestão, experiência, enfrentamento puro e simples, coaching, programação neuro lingüística, terapia, aconselhamento, enfim, as técnicas e ferramentas são inúmeras. O fundamental é a consciência da existência do medo, a noção de que é uma crença limitante e a coragem de enfrentá-lo.

Assim sendo, revise suas metas e objetivos e avalie que tipos de crenças estão criando obstáculos em sua vida. Seguramente, muitas destas crenças serão representadas por medos. Traga estes medos à sua consciência, conheça-os e enfrente-os. Esta é uma das formas de ampliar as opções que você tem à sua disposição para criar mais resultados em sua vida. Todos sabemos que se continuarmos agindo da mesma forma que sempre agimos, vamos continuar obtendo sempre os mesmos resultados. Portanto, faça diferente e obtenha melhores efeitos. Enfrente seus medos e tenha uma vida mais próspera e saudável. Lembre-se, suas crenças sobre si mesmo e sobre o mundo é que fazem você avançar ou estagnar.

Frederico Graef – Coach e Palestrante

Membro da Sociedade Brasileira de Coaching

www.fredgraef.com.br

Frederico Graef

Coach Executivo e Palestrante -
Membro da Sociedade Brasileira de Coaching -
Master e Practitioner em PNL -
Experiência Corporativa de 15 anos como Executivo em Bancos -
Liderou Times nas Áreas Comercial e Financeira -
Caxias do Sul, RS -
Brasil

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com