Aprenda a treinar seus funcionários Angra dos Reis, Rio de Janeiro

Há um uso abusivo de slides em qualquer tipo de evento empresarial. Mas treinamento não é palestra, ou seja, treinar alguém é mais do que apresentar uma sequência de slides. Aprenda mais no artigo abaixo.

Banco Finasa de Investimentos S/A
(21) 2621-8356
av Rio Branco,Visc, 447, Centro
Niterói, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
FINEP - Financiadora de Estudos e Projetos
(21) 2555-0330
pr Flamengo, 200, An 4, Flamengo
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Banco Panamericano S/A
(21) 2109-9900
r Conceição, 38, Centro
Niterói, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
MASTER CRED Emprestimos e refinanciamentos Aposentados e pensionistas
(21) 3676-1133
RUA VICENTE CELESTINO,608 / ANTIGA RUA 2 JARDIM PRIMAVERA
DUQUE DE CAXIAS, Rio de Janeiro
 
pinhaltur viagenes e turismo ltda
(21) 2717-9349
av ernani doa amaral peixoto 60 sala 208
nlteroi, Rio de Janeiro
 
Citibank Leasing S/A Arrendamento Mercantil
(21) 2221-1394
r Assembléia, 100, An 11, Centro
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Banco Morada S/A
(21) 2671-3320
av Nilo Peçanha, 245, Lj A, Centro
Duque de Caxias, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Financiauto
(22) 9858-1212
financiauto@gmail.com
Macaé, Rio de Janeiro
 
Banco Safra S/A
8001-51234
r José de Souza Herdy,Prof, 1160, Jd 25 de Agosto
Duque de Caxias, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Cooperativa Habitacional
(21) 2488-2005
av Edgard Romero,Min, 244, Tr Lj 122, Madureira
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprenda a treinar seus funcionários

Há muitos treinamentos ministrados nas empresas por colaboradores das mais diversas áreas. O objetivo desses cursos pode ser capacitar recém-contratados, ensinar um novo procedimento da empresa ou reciclar conhecimentos de profissionais com tempo de casa, dentre outros.

Mas há algo a ser considerado: treinamento não é palestra. A palestra é informativa, não tem o objetivo de ensinar; já o treinamento deve ser focado na geração de conhecimento. Ou seja, em vez de o instrutor do curso apenas apresentar uma sequência de slides, é preciso utilizar estratégias didáticas para que os aprendizes realmente aprendam.

Estratégias didáticas são conjuntos de atividades, que podem ser usadas para a construção de novos saberes, integrando a dificuldade ao habitual, o estranho ao familiar, o desconhecido ao conhecido. O que importa é usar estratégias que engajem o aprendiz ativamente no processo de aprendizagem para que ele retenha os novos conhecimentos.

Uma interessante pesquisa revela que os aprendizes adultos retêm:

  • 10% do que foi lido
  • 20% do que foi ouvido
  • 30% do que foi visto
  • 50% do que foi visto e ouvido
  • 70% do que foi discutido
  • 90% do que foi feito e discutido

Com base nesses números, pode-se notar que o aprendiz adulto aprende muito mais se o instrutor recorrer a estratégias didáticas que privilegiem a discussão e a realização de uma atividade. Se o instrutor apenas apresentar uma sequência de slides durante 2 horas, por exemplo, a retenção será muito menor.

Existem inúmeras técnicas didáticas em grupo que propiciam a discussão, a realização de tarefas. No fundo, a ideia é focar o treinamento no aprendiz, para que ele aja, faça, discuta, e não no instrutor, que expõe ideias sem qualquer interação com o grupo.

Então, é importante diferenciar. Expor ideias com o recurso do slide é uma técnica, chamada exposição oral, mas o foco é eminentemente informativo. Ministrar um treinamento é utilizar recursos e técnicas didáticas variadas que favoreçam a discussão e a realização de atividades por parte dos aprendizes. Só dessa forma, eles irão realmente aprender.

Vívian Cristina Rio

Vívian Cristina Rio, Linguista graduada pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Doutoranda pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. Foi professora de Redação e Gramática em cursinho pré-vestibular e corretora de Redação do Vestibular da UNICAMP.Participou de vários congressos – dois internacionais – e publica artigos em livros e revistas especializadas em Lingüística. Colaboradora da Revista Língua Portuguesa, Editora Segmento. Instrutora de Comunicação Oral e Escrita, ministrou treinamentos em diversas empresas, como Banco Itaú, DaimlerChrysler, GE, International Paper do Brasil, Natura Cosméticos, Novartis, Ripasa, Sadia, Tintas Coral, Villares Metals, entre outras.

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com