Aprenda a ser um ótimo líder São José dos Pinhais, Paraná

O presente artigo fala da arte de saber liderar. Mandar é muito diferente de liderar, e em muitas situações, fica até difícil saber quem está mandando ou liderando. Aprenda a liderar a sua equipe.

Sucesso Serviços Financeiros
(41) 3079-0634
r Vicente Machado, 467 sl 102 na Centro
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Controller´s
(41) 3323-8423
Al Cabral, 583 cj 5 Centro
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Central Cred
(41) 3224-3233
r 15 de Novembro, 279 cj 212 Centro
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Executivos Financeiros
(41) 3242-5351
av 7 de Setembro, 6120 Batel
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Mega Card
(41) 3024-2288
r João Negrão, 162 sl 33 Centro
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Intercred
(41) 3324-5961
Al Dr Muricy, 542 sl 102 an 1 Centro
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Kitassy
(41) 3013-4110
r 4, 38 sl 60 Cidade Industrial
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Niponcred
(41) 3076-9727
r José Loureiro, 464 2º andar Centro
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
HSBC
(41) 3376-1490
r Pres Padua Fleury, 805 Hauer
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Agiplan Serviços Financeiros
(41) 3074-0200
r Des Westphalen, 53 an 3
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprenda a ser um ótimo líder

Nos últimos anos nunca se falou tanto em liderança. São tantos artigos sobre os conceitos, preconceitos, definições e indefinições, que chega a confundir a mente de qualquer um. Afinal, ser líder é muito diferente de ser gerente, e diferente de ser chefe. Liderança não é um cargo ou um aumento de salário, e muito menos se carimba no currículo.

Mandar é muito diferente de liderar, e em muitas situações, fica até difícil saber quem está mandando ou liderando, mas se observarmos um simples detalhe, essa detecção se torna fácil. Líder não manda, inspira as pessoas para a execução de tarefas.

De qualquer forma, existe de tudo no cardápio da liderança. Este é sem dúvida, o tema mais importante das agendas de treinamento e desenvolvimento das organizações. É a prioridade do momento, uma verdadeira "febre" que preocupa o futuro das carreiras dos profissionais e dos negócios. A preocupação é tão grande, que muitos pais estão desde o início das atividades escolares e educacionais de seus filhos buscando alternativas adicionais à educação básica, para desenvolver o espírito de liderança que existe dentro deles. Todos buscam fazer de seus filhos os líderes do futuro.

Durante a ditadura militar, a questão da liderança ficou meio apagada, pois confrontava com a autoridade dos “chefes” do poder. Tomando isto como exemplo, vou fazer algumas comparações sobre as atitudes dos “lideres” e dos “chefes” nas organizações:


  1. O líder desenvolve uma estratégia e visiona o futuro todo o tempo; o chefe não desperdiça seu tempo com esse "romantismo globalizado", quer mesmo é atingir rapidamente os objetivos, custe o que custar, o que importa são os resultados.




  1. O líder verdadeiro está todo o tempo mudando as coisas, estimulando novas idéias e gerando mais trabalho, tem visão aprimorada do futuro. Nessa mesma situação, o chefe prefere deixar tudo como está, não mudar nada, reforçando os paradigmas em que acredita.




  1. O líder acredita no alcance do bom trabalho pela motivação de seu time, se preocupa com as pessoas como seres humanos; o chefe não se importa com essa psicologia motivacional. Para ele, o que vale é dinheiro no bolso, e é isso que motiva.




  1. O líder ouve com atenção todos os membros do time e suas idéias, buscando melhorar sempre; o chefe faz com que todos ouçam com atenção somente as suas, acreditando que isso torna o time melhor.




  1. O líder passa a maior parte do tempo persuadindo as pessoas a seguirem suas idéias. Já o chefe não precisa convencer ninguém, manda fazer o que quer e pronto! Afinal, manda quem pode e obedece quem tem juízo.


  1. O líder é apaixonado pelo trabalho e o faz para o sucesso de todo o seu time; já o chefe coloca todo o seu time trabalhando para o seu sucesso. – “Os méritos são meus”.




  1. O líder aceita reclamações do time e encara isso como uma oportunidade para melhorar; o chefe é quem reclama dos membros do time, e acredita que eles nunca melhoram.


  1. O líder da atenção aos erros e aprende com eles; o chefe acredita que aprender com os erros é aprender errado.


O modelo de “chefiar” pessoas funcionou durante muito tempo, porém o estilo “homem das cavernas” de liderar já não cabe mais em uma sociedade onde arrastar alguém pelos cabelos é crime.

Leandro Tonelli

Consultor de empresas

www.tonelliassessoria.com

Graduado em Administração de Empresas pela Centro Universitário Monte Serrat (Unimonte), em Santos e especializado em Gestão Estratégica de Negócios pela mesma instituição. Tem 11 anos de experiência em gestão de negócios, gerenciamento vivenciados em empresas multinacionais, onde desenvolveu trabalhos voltados a reestruturação, treinamento, desenvolvimento humano, programas de qualidade, padronização de produção, gestão de carteira financeira, entre outros.
Atua como consultor em gestão e reestruturação de processos e ministra treinamentos de vendas, coach empresarial, gerenciamento de competências, motivação e trabalho em equipe, em organizações de diversos ramos de atividade pela empresa Tonelli Assessoria Empresarial.

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com