Aprenda a preparar sopas saudáveis Macapá, Amapá

Veja no artigo abaixo receitas de como preparar sopas saudáveis pro inverno. A nutricionista fala da importância da escolha dos alimentos. O que é muito importânte também e na combinação dos alimentos.

Mundo Verde Prod Naturais
(323) 216-2831
r Santa Rita, 526, Centro
Juiz de Fora, Minas Gerais
 
Maria PA Busatto
(273) 337-7272
r Pedro Busatto, 600, Jardim Camburi
Vitória, Espírito Santo
 
Nato Rai Produtos Naturais
(193) 231-0608
r Barreto Leme, 449, Centro
Campinas, São Paulo
 
Wanderwell Com de Cosméticos Ltda
(41) 266-9038
r Tinguacu, 29, Cajuru
Curitiba, Paraná
 
Oli Cardoso
(45) 227-3249
r Ciro Monteiro, 718, Brasília
Cascavel, Paraná
 
Comercial do Guaraná Caxinaua Com e Ind Ltda
(193) 561-1943
r Cruz,Sta, 2472, VL Guimarães
Pirassununga, São Paulo
 
Miriam Zurita Quintanilha Me
(114) 024-6375
av P Moraes, 210
Itu, São Paulo
 
Sonia Faria Prod Naturais
(343) 332-4943
r Teófilo Otoni, 225, sl 105, São Benedito
Uberaba, Minas Gerais
 
Odilio R Guarezi
(48) 246-1073
r Geroncio Thives, 635, sl 13, Santos Dumont
São José, Santa Catarina
 
Flor de Mel Prod Naturais Ltda
(813) 735-1440
r Vereador José Manso da Silva, 112, São Bento do UNA
Sao Bento do UNA, Pernambuco
 

Aprenda a preparar sopas saudáveis

O inverno chegou, e junto com ele vem a vontade de ficar em casa assistindo um bom filme em baixo das cobertas, e principalmente, o desejo de comer o tempo todo. É muito comum as pessoas fazerem sopas no inverno para compensar os exageros; porém, não são todas as receitas que apresentam poucas calorias e são benéficas à saúde, mas existem muitas opções que garantem o controle do frio e o equilíbrio do peso ao final do inverno.

Para não errar na hora de preparar a sua, acompanhe as dicas e orientações da nutricionista Ana Flávia Pinheiro.

As sopas são as preparações que, diferentemente da grande maioria dos patos quentes, preservam a água do cozimento das verduras e vegetais, garantindo uma maior proporção de vitaminas e sais minerais.

Variar o sabor é fácil, pois podem conter diversos ingredientes associados e consumidos ao mesmo tempo. E a escolha destes ingredientes é o que diferencia esta preparação como uma refeição completa ou não. Uma sopa tipo caldo, rala, feita apenas com verduras e legumes pode servir como opção de entrada para uma refeição, podendo substituir a salada nos dias mais frios. Além disso, é um forte aliado no controle do apetite para as demais preparações da refeição. No entanto, para substituir uma refeição completa, a sopa deve conter uma fonte de proteína (carne magra, frango, peixe ou ovos) e uma fonte de carboidratos (arroz, massa ou batata), além das verduras e legumes.

O fato de a sopa ser uma preparação “leve”, não significa que pode ser consumida livremente. O controle da quantidade a ser consumida depende do valor calórico da preparação, não podendo se esquecer de levar em conta também o gasto energético de quem irá consumi-la. Combinar a sopa com pães é um costume bastante comum. Esta combinação é bem-vinda quando o caldo não apresenta carboidratos em sua receita. Já nos casos de sopas feitas com arroz, feijão, batata, mandioquinha ou uma massa em sua formulação, o consumo dos pães deve ser deixado de lado.

As sopas que utilizam produtos frescos, vegetais in natura e não são armazenadas por muito tempo são mais saudáveis do que as instantâneas industrializadas, que normalmente são ricas em sódio, corantes, aromatizantes e vários conservantes que podem vir a prejudicar a saúde se utilizados em excesso.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Portal Educação

Clique aqui para ler este artigo na Nutrição Virtual