Aprenda a escolher uma prótese adequada para seus seios Macapá, Amapá

E preciso avaliar muitas coisas antes de se escolher o tamanho e o formato da prótese. Tais como idade, glandulas mamarias, peso, altura... etc para ter um bom resultado. Saiba mais lendo o artigo abaixo.

João A Barbosa
(43) 432-1306
pc , 668, ap 14, Rodocentro
Londrina, Paraná
 
Dr Renato Sérgio Poggetti
(113) 289-7020
r Peixoto Gomide, 515, Cj 93
São Paulo, São Paulo
 
Ronaldo P Barreto
(813) 221-1851
av Visconde de Suassuna, 704, Santo Amaro
Recife, Pernambuco
 
Jorge Eduardo F Matias
(41) 352-3401
av Candido de Abreu, 526, cj 1612 torre b, Centro Civico
Curitiba, Paraná
 
José Dutra Bayao
(212) 717-7650
r Amazonas, 572, sl 402, Vila Progresso, Niterói
Nova Iguaçu, Rio de Janeiro
 
Claudine Valin
(353) 741-1231
av DR U Silva, 213
Botelhos, Minas Gerais
 
Henrique A Almeida
(323) 532-4848
r Vinte e Dois de Maio, 17, sl 702
Ubá, Minas Gerais
 
Gessy T Leitão Elisa Makita Leitão
(43) 322-3565
r Para, 1937, Centro
Londrina, Paraná
 
Jesus R Ceribelli
(43) 324-7026
r Cambará, 484, Centro
Londrina, Paraná
 
Amilcar J Caldellas
(243) 365-2993
tr DR Louzada, 160, sl 401
Angra dos Reis, Rio de Janeiro
 

Aprenda a escolher uma prótese adequada para seus seios

Talvez uma coisa consiga chamar mais a atenção do público das semanas de moda do que o rosto de Gisele Bündchen: os seios da top. São volumosos, firmes e bronzeados

Mas, infelizmente, são só dela. Imitar é praticamente impossível, por mais hábil que seja o cirurgião.

Segundo Antônio Graziosi, presidente da regional paulista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, é preciso avaliar muitas coisas antes de se escolher o tamanho e o formato da prótese. "Idade, quantidade de glândulas mamárias existente, peso, altura e simetria das mamas, posição dos mamilos e textura da pele são alguns dos fatores que influenciam em um bom resultado", ensina.

Mulheres costumam se enganar muito em relação ao volume da prótese. Boa parte da culpa, segundo o especialista, pode ser atribuída às siliconadas famosas, que geralmente mentem sobre o real volume implantado - divulgam números exagerados. "Quando a mulher vai ao consultório, acha que deve colocar bem menos, quando o corpo dela até suporta volumes maiores", explica o cirurgião. Cabe ao especialista mostrar à paciente qual a melhor prótese para seu tipo físico. "Afinal, não somos comerciantes", lembra a cirurgiã plástica Claudia Machado, do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Tatiana Bentes Sayeg, 27, insistia em colocar só 200 ml, mas, como queria seios bem volumosos, acabou aceitando a sugestão do médico - 300 ml. "Ele explicou que, no começo, os seios ficam inchados. Depois, murcham e muitas mulheres se frustram com o pouco volume." A partir de que idade posso fazer a cirurgia? - "Antes dos 18 anos, não há como saber se a mulher terá mamas pequenas", diz o cirurgião plástico Antônio Graziosi. Só depois dessa idade a mama está completamente formada. Posso pedir o formato igual ao de uma atriz? - "Não vendemos sonhos", diz Claudia Machado. Para ela, se a pessoa leva a foto de uma atriz, não quer só os seios, mas a vida da famosa. Além disso, a prótese deve ser proporcional ao corpo da mulher.

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica