Aprenda a criar senha segura Maracanaú, Ceará

O maior risco para a proteção de uma senha é o próprio usuário que a criou. Nós (desenvolvedores) sempre precisamos ou vamos precisar criar um sistema que seja protegido por senha. Aprenda a como desenvolver uma senha com seguranca no artigo abaixo.

C.A. D. P. Segurança e Vigilância Ltda
(85) 3250-2419
r Júlia Soares, 100, Pedras
Fortaleza, Ceará

Dados Divulgados por
Degraus Segurança
(85) 3236-1561
r Guilherme Rocha, 1380 sl 101, Centro
Fortaleza, Ceará

Dados Divulgados por
Castelo Vigilância e Segurança Ltda
(85) 3261-5068
r Osvaldo Cruz, 1286, Aldeota
Fortaleza, Ceará

Dados Divulgados por
Corpes Serviços de Vigilância
(85) 3279-4815
r Cezidio Albuquerque, 477, Cidade dos Funcionários
Fortaleza, Ceará

Dados Divulgados por
Detecta-sistemas de Segurança Ltda
(85) 3257-1154
r Vicente Padilha, 166, Vl União
Fortaleza, Ceará

Dados Divulgados por
PH Segurança Ltda
(85) 3454-2138
r Br Aracati, 1896, Aldeota
Fortaleza, Ceará

Dados Divulgados por
Sis-Sistemas de Segurança Ltda
(85) 3088-7720
r Alencar,Sen, 938, 942, Centro
Fortaleza, Ceará

Dados Divulgados por
Atento Serviços de Segurança Patrimonial
(85) 3278-4941
r Eliseu Oria, 994, Sapiranga
Fortaleza, Ceará

Dados Divulgados por
Colombo Serviços Segurança
(85) 3298-4747
r Vicente Celestino, 52, Conjunto Esperança
Fortaleza, Ceará

Dados Divulgados por
Fênix Segurança
(85) 3491-1399
r Joaquim Pimenta, 291, Montese
Fortaleza, Ceará

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprenda a criar senha segura

senhasO maior risco para a proteção de uma senha é o próprio usuário que a criou. Nós (desenvolvedores) sempre precisamos ou vamos precisar criar um sistema que seja protegido por senha. E, se você pensar bem, a segurança do sistema TODO é estritamente proporcional à segurança das senhas dos seus usuários.

Não importa quão bem estruturado seja o sistema, se um dos usuários usar uma senha como “12345 seria praticamente a mesma coisa que não houvesse proteção por login e senha, seria um sistema totalmente inseguro. Mas também não podemos culpar apenas o usuário que criou a senha “12345, também tem culpa no cartório o desenvolvedor, que o deixou usar uma senha dessas.

Lembrar ou anotar?

O maior problema com as senhas se resume em duas formas (contraditórias) de pensamento: anotar a senha para não esquecer, e correr o risco de outro alguém descobrir, ou guardar todas as senhas na cabeça e correr o risco de esquecer.

Geralmente as pessoas seguem a segunda linha de raciocínio e por isso acabam criando senhas usando palavras fáceis de lembrar. Ou usam datas de aniversário, nome do cachorro, nome dos filhos e etc. Tudo isso é difícil de ser esquecido, mas o problema é que se alguém conhece esse usuário pessoalmente, ele tem acesso fácil a todos esses dados. Ou seja, ambas as linhas de raciocínio são facas de dois gumes.

Usar palavras existentes no dicionário também não ajuda em nada. A maioria dos ataques de brute-force (força bruta) tenta descobrir uma senha começando por todas as palavras do dicionário. E a senha vai ser descoberta em segundos.

Outra prática comum é a troca de senha a cada 30 dias, o que em alguns sistemas chega a ser obrigatório. Só que isso também acaba se tornando uma faca de dois gumes, pois ao mesmo tempo em que o sistema fica mais seguro, fica mais difícil de o usuário lembrar das senhas e, por isso, ele é levado a usar o nome do cachorro ou a data de nascimento da mãe como senha.

O tamanho da senha

Sim, não tenha dúvida. O tamanho da senha é um dos fatores mais importantes para a segurança da mesma e eu vou explicar o porquê.

Alguns sistemas exigem um tamanho mínimo para a senha de 8 caracteres, esse é um ótimo ponto de partida. Vamos partir do princípio que o usuário use apenas letras minúsculas para a sua senha, teríamos então 26^8 possibilidades, o que significa 208.827.064.576 de combinações possíveis (aproximadamente 38 bits).

Se você permitir/exigir que o usuário use, além de letras minúsculas, letras maiúsculas, números e outros símbolos (ponto, traço, barra e etc), o número de possibilidades passa a ser de 88^8, o que resulta em 3.596.345.248.055.296 possíveis combinações. Até mesmo um robô iria demorar meses ou até anos para quebrar tal senha. Usando todas as 101 teclas do teclado teríamos mais de seis quadrilhões de possibilidades.

Sabendo disso, é seu papel, sr. desenvolvedor, exigir um tamanho mínimo de senha e a presença de outros caracteres além dos comumente usados (letras minúsculas). E dependendo do nível de segurança a ser aplicado no sistema que está sendo criado, talvez seja bom exigir até uma quantidade mínima de cada “tipo” de caractere que, somados, passam dos 12 caracteres mínimos da senha. Isso sem dúvida vai dar o sistema MUITO mais segurança.

Evitando senhas simples e fracas

Lembra da velha frase “bela, porém coxa”? Pois é, mesmo que a senha tenha 10 caracteres, o que adianta se ela for fraca? E você me pergunta “como assim, fraca?”. Você não pode aceitar de forma alguma senhas como “12345890abcde”, “5555444333 ou “123joaodasilva”. Isso não é seguro, nem aqui, nem na China.

Substituições L33T

Não estamos mais em uma época onde a linguagem L33T era desconhecida e abominada por todos. Substituir letras por números não é considerado mais seguro pois essa regra já faz parte das “tentativas” dos invasores. Então não adianta usar uma senha como “M4r1A” que fica fácil de quebrar caso seu nome seja “Maria”.

Senhas duplicadas e repetidas

Nunca use a mesma senha para mais de um sistema/site. Se uma senha descoberta já é complicado, imagina se essa senha garantir acesso a tudo que você usa?

Escrever a senha e colar no monitor

Por favor, né? Me poupe Por que você não coloca sua senha na camiseta e sai na rua? “A senha do meu GMail é joaozinho38. Se precisar anotar aquela senha de 38 caracteres com números, letras, barras, arrobas, tralhas, pontos e vírgulas, anote. Mas guarde esse papel em um lugar tão seguro quanto o que você quer guardar com essa senha.

Frases como senha

Essa é outra prática que pode te ajudar. Uma senha como “EuMeCaseiEm27DeJaneiroDe2009 será, sem dúvida, mais seguro que “27012099. Mas às vezes o sistema não permitirá uma senha tão grande, então use apenas a primeira letra de cada palavra (”EmCe2dJd2) ou a última letra (”uEim7eOd9). Será, certamente, uma senha segura e melhor do que “casamento123″.

E o desenvolvedor?

Mas, infelizmente, como eu disse antes, não depende apenas da boa vontade e malandragem do usuário. O desenvolvedor também tem que tomar algumas providências e exigir/permitir uma senha realmente segura. Veja algumas dicas:

Tamanho da senha

Obrigue o usuário a usar senhas com tamanho mínimo de 12 a 16 caracteres. A proteção é potencializada em 2 a cada novo caractere que é adicionado. Atualmente, o tamanho da senha influencia mais na segurança da mesma do que a sua complexidade.

Caracteres especiais

As senhas devem ser um misto de letras minúsculas e maiúsculas, com no mínimo três números e/ou caracteres especiais. Essa regra também vale para as senhas dos administradores do sistema e não apenas para os usuários.

Armazenando senhas no banco de dados

Nunca salve uma senha no banco de dados sem encriptá-la antes. Veja mais sobre criptografia neste artigo: Criptografia no PHP usando md5, sha1 e base64. Se você salvar as senhas como texto plano e alguém conseguir invadir o seu banco de dados, terá acesso a TODAS as contas. E, acredite, você não quer que isso aconteça.

Mudança de senhas

Peça (ou obrigue) ao usuário que mude sua senha a cada trinta dias. Mesmo que a senha seja extremamente forte e segura, ele pode tê-la anotado em algum papel e outra pessoa pode descobrir.

Botão de emergência (Red button)

Certifique-se de que há uma forma fácil e rápida de terminar/encerrar uma conta caso ela seja invadia ou exposta. E só depois tome providências.

“Esqueci minha senha”

Permita que o usuário receba lembretes de senhas por e-mail mas nunca envie a mesma senha, crie uma nova.

Reutilização de senhas

Não permita que o usuário, ao trocar de senha (quando obrigado), crie uma senha igual à(s) senha(s) usada(s) anteriormente. Isso não é segurança, é enrolação.

Tenha em mente que nenhuma senha é infalível. Em 1998 uma senha de 56 bits foi quebrada: eram 2^56 possibilidades, 72.057.594.037.927.936 combinações (mais de 72 quadrilhões) E sabe quanto tempo a máquina demorou? 56 horas.

A segurança do sistema depende só de você, desenvolvedor. Tempo e dinheiro todo mundo tem e tudo isso “passa” com o tempo. Mas o problema que você vai ter caso um sistema de alta-segurança seja invadido, pode durar pra vida toda.

Uma ferramenta grátis medidora de força de senhas está disponível no Password Meter . Nele, você insere a senha desejada e verifica se ela é ou não segura.

Clique aqui para ler este artigo na Techlider