Aprenda a combater as estrias na adolescência Macapá, Amapá

Resultado da ruptura das fibras de colágeno e elastina nas camadas profundas da pele, a estria é hoje uma das principais queixas dos adolescentes. Em pessoas com predisposição familiar, a pele pode não suportar o intenso estiramento da pele causando assim as estrias. Veja mais no artigo abaixo.

Bloco Caveira
(82) 325-6969
r Doná Constança de Goes Monteiro, 1651, sl 102, Poço
Maceió, Alagoas
 
Ginasio Municipal Esportes
(15) 278-1633
r J F Carval, 221
Pilar do Sul, São Paulo
 
Satelle Esporte Clube
(12) 262-5533
av A P Barros,dr, Campos do Jordão
Campos do Jordao, São Paulo
 
F1 Kart In Door
(63) 815-3511
av Bernardo Sayão, 870
Araguaína, Tocantins
 
Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba X9 Paulistana
(116) 975-3893
av Luiz Dumont Vilares, 324, Vila Guilherme
São Paulo, São Paulo
 
Luciana MB Mello
(41) 332-0896
r Professor Rubens Elke Braga, 242, Parolin
Curitiba, Paraná
 
Lob Academia de Tênis
(212) 225-0329
r Stefan Zweig, 290, Laranjeiras
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
 
Raw Esportes Comercial e Estacionamento Ltda
(113) 277-3677
r Almeida Torres, 57, Liberdade
São Paulo, São Paulo
 
Bloco Crocodilo
(86) 233-5888
av Humberto Castelo Branco, 681
Teresina, Piauí
 
Casa de Yoga
(71) 358-7853
al Eucaliptos, 56, Caminho Das Arvores
Salvador, Bahia
 

Aprenda a combater as estrias na adolescência

Resultado da ruptura das fibras de colágeno e elastina nas camadas profundas da pele, a estria é hoje uma das principais queixas dos adolescentes que procuram as clínicas de estética.

A adolescência é marcada por muitas transformações físicas, principalmente o rápido crescimento corporal. Em pessoas com predisposição familiar, a pele pode não suportar esse intenso estiramento, originando uma espécie de rasgo: é a estria. Isso explica a predileção dessa vilã da beleza nas áreas do corpo mais sujeitas a tração: bumbum, quadril, coxas, seios, barriga, região lombar e atrás dos joelhos.

Assim que surgem, as estrias são avermelhadas, situadas um pouco acima ou no mesmo nível do restante da pele; lembram pequenos arranhões e são frequentemente acompanhadas de coceira. Nesse período, o organismo manda bastante sangue para a região afetada na tentativa de reverter o quadro. Se o tratamento não for instituído nessa fase, o processo se perpetua até a formação de uma cicatriz esbranquiçada e funda, quando a cura já não é mais possível.

Mas nem tudo está perdido! Com os avanços na área da dermatologia estética, é possível amenizar estrias brancas (antigas) e até mesmo reverter completamente as vermelhas. No Centro Avançado em Medicina e Estética, as médicas Hosana Reis e Flavia Maia utilizam técnicas de peeling químico com ácidos (glicólico, retinóico), intradermoterapia e carboxiterapia, obtendo excelentes resultados no tratamento dessa alteração cutânea.

Dúvidas freqüentes

1. Minha mãe tem estrias. Eu também vou ter?
É bastante provável que você venha a tê-las, pois o componente genético é muito importante no desenvolvimento das estrias.

2. Malhar causa estrias?
Não necessariamente. Mas é bem verdade que o estiramento que a pele sofre durante a prática pode levar ao aparecimento das marquinhas.

3. Por que os homens têm menos estrias?
A transformação corporal na adolescência é menos intensa que nas mulheres. Além disso, os hormônios femininos enfraquecem as fibras de colágeno, facilitando sua ruptura.

4. Minha mãe disse que quando eu menstruar a 1ª vez, não devo coçar o bumbum para não ter estrias. É verdade?
Não. A coceira tem a ver com o surgimento das estrias e o ato de coçar não interfere na sua evolução.

5. Qual o melhor momento de tratar?
Sem dúvida alguma, na fase que se encontram avermelhadas, isto é, recentes. As chances de cura são bem maiores.

6. O sol ajuda a disfarçar estrias?
Definitivamente não. Como se tratam de cicatrizes, não possuem melanina (o famoso pigmento que dá cor à pele) e, portanto, não se bronzeiam como a pele normal, ficando mais evidentes.

7. Existe prevenção?
Felizmente, sim! Tomar bastante água, usar um bom hidratante, além de evitar grandes variações de peso ( efeito sanfona) ajudam a manter sua pele lisinha e livre de estrias.

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica