Analisando os benefícios do esporte para gestantes Macapá, Amapá

Compreenda a importância do exercício físico durante a gravidez. O professor de Educação Física Diesi Souza Ventura disserta sobre a saúde da gestante. Ele também alerta sobre a necessidade de acompanhamento do médico obstetra para indicar qual o treino indicado para cada período da gravidez.

Bloco Pinel
(71) 332-6686
r Belo Horizonte, 164
Salvador, Bahia
 
Ashtanga Yoga Estúdio
(113) 868-4465
r Ministro Godói, 725, Perdizes
São Paulo, São Paulo
 
Assoc Yoga Bahia
(71) 357-3159
r Professor Bezerra Lopes, 26, Acupe
Salvador, Bahia
 
Gil Representacoes
(114) 022-3845
estr M Cangui, 1000
Itu, São Paulo
 
Fed de Yoga do Estado de Minas Gerais
(313) 225-4330
r Contorno, 6399, Palmares
Belo Horizonte, Minas Gerais
 
Dezessete de Abril Adm e Serv Ltda
(71) 245-2522
av Ademar de Barros, 408, lj 1, Ondina
Salvador, Bahia
 
Cronotec Cronometragem Computadorizada Ltda
(193) 849-6565
r Natalino Spiandorelli, 40, Bela Vista
Valinhos, São Paulo
 
Tapetao Futebol e Squash
(353) 521-5949
av Expedicionarios, 950, Centro
Passos, Minas Gerais
 
Cirene Melo
(553) 312-3426
av Brasil, 622, sl 14, Boa Esperança, Santo Ângelo
Santo Angelo, Rio Grande do Sul
 
Bontur SA Bondinhos Aéreos
(47) 360-0274
r Normando Tetesco, 1355, Balneário de Camboriú
Balneário Camboriú, Santa Catarina
 

Analisando os benefícios do esporte para gestantes

segunda-feira, 13 de julho de 2009

A gestante ganha menos peso e melhora a atividade cardiocirculatória

O tempo em que as gestantes precisavam ficar em repouso não existe mais. Hoje, já está comprovado que se a mãe se mantém ativa e saudável, ela faz bem para o bebê e para sim mesma. O exercício não precisa ser proibido. O importante é avaliar qual atividade combina com cada momento da gravidez.

A atividade física é fundamental em qualquer ciclo da vida; e em relação às gestantes não seria diferente, pois os exercícios trazem benefícios, como a melhora da circulação sanguínea, funcionamento do intestino, controle do peso, além de proporcionar um bem-estar geral.

Além disso, os exercícios são extremamente importantes durante o pré-natal, pois, desta forma, a gestante ganha menos peso, melhora a atividade cardiocirculatória e ainda previne quadros como diabetes gestacional e doença hipertensiva específica da gestação. No entanto, é preciso estar atenta a algumas exceções, como por exemplo, os casos de placenta baixa, deslocamento placentário, sangramentos, trabalho de parto prematuro, entre outras razões médicas.

Se a mulher já é praticante de atividade física antes da gravidez, o corpo já está condicionado para fazer este esforço durante a gestação. Caso contrário, iniciar a prática de uma atividade durante este período pode não ser recomendável. Para as mamães que não tinham o hábito de praticar atividades físicas antes da gravidez, recomenda-se a prática de hidroginástica, ioga, pilates, mas somente após completar o primeiro trimestre de gestação. Alguns estudos revelam que a hidroginástica agrada os bebês, além de contribuir de forma positiva para o parto. Fazer caminhadas também é uma boa opção.

O professor de Educação Física e tutor do Portal Educação , Diesi Souza Ventura, alerta que é fundamental a liberação pelo médico obstetra, de preferência com a assessoria de um personal trainner especializado em grupos especiais. Caso nunca tenha praticado atividade física, mas pretenda dar início no período gestacional, o indicado é que se espere alguns meses e após o parto inicie sua atividade preferida. Ventura ressalta ainda que podem surgir casos que necessitam da interrupção imediata das atividades, daí a importância de um profissional habilitado para o acompanhamento dos exercícios.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Portal Educação

Clique aqui para ler este artigo na Portal Esporte