Analisando os benefícios do esporte para gestantes Macapá, Amapá

Compreenda a importância do exercício físico durante a gravidez. O professor de Educação Física Diesi Souza Ventura disserta sobre a saúde da gestante. Ele também alerta sobre a necessidade de acompanhamento do médico obstetra para indicar qual o treino indicado para cada período da gravidez.

Boa Forma Equipamentos para Ginástica Ltda
(14) 262-1119
r Quinze de Novembro, 700
Agudos, São Paulo
 
Bescex Sports
(12) 221-3691
av Des Paulo de Oliveira Costa, 767
Taubaté, São Paulo
 
Ginásio de Esportes
(45) 232-1574
av Manoel Ribas SN, Guaraniaçu
Guaraniacu, Paraná
 
Núcleo de Yoga e Alongamento
(113) 672-1726
R Homem de Melo,Dr, 644, Cj 11, Perdizes
São Paulo, São Paulo
 
Ginásio Munic Esportes Anizio Garpelli
(15) 283-1275
r Guilherme Marconi, 30
Laranjal Paulista, São Paulo
 
Kart Center Pista de Kart
(123) 923-3179
r Taubate, 102
São José dos Campos, São Paulo
 
Chiclete Com Banana Promoções Artísticas Ltda
(71) 248-1422
r Oseas Santos, 222, Amaralina
Salvador, Bahia
 
Grêmio Esportivo Boa Vontade
(51) 475-5133
r Alegrete, 1388, Niterói
Canoas, Rio Grande do Sul
 
Marcio RL Faria
(71) 461-4056
r Melvin Jones, 280, ap 102, Armacao
Salvador, Bahia
 
Buick Fitness Equipment
(212) 445-2306
r Outeiro, 120, Campo Grande
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
 

Analisando os benefícios do esporte para gestantes

segunda-feira, 13 de julho de 2009

A gestante ganha menos peso e melhora a atividade cardiocirculatória

O tempo em que as gestantes precisavam ficar em repouso não existe mais. Hoje, já está comprovado que se a mãe se mantém ativa e saudável, ela faz bem para o bebê e para sim mesma. O exercício não precisa ser proibido. O importante é avaliar qual atividade combina com cada momento da gravidez.

A atividade física é fundamental em qualquer ciclo da vida; e em relação às gestantes não seria diferente, pois os exercícios trazem benefícios, como a melhora da circulação sanguínea, funcionamento do intestino, controle do peso, além de proporcionar um bem-estar geral.

Além disso, os exercícios são extremamente importantes durante o pré-natal, pois, desta forma, a gestante ganha menos peso, melhora a atividade cardiocirculatória e ainda previne quadros como diabetes gestacional e doença hipertensiva específica da gestação. No entanto, é preciso estar atenta a algumas exceções, como por exemplo, os casos de placenta baixa, deslocamento placentário, sangramentos, trabalho de parto prematuro, entre outras razões médicas.

Se a mulher já é praticante de atividade física antes da gravidez, o corpo já está condicionado para fazer este esforço durante a gestação. Caso contrário, iniciar a prática de uma atividade durante este período pode não ser recomendável. Para as mamães que não tinham o hábito de praticar atividades físicas antes da gravidez, recomenda-se a prática de hidroginástica, ioga, pilates, mas somente após completar o primeiro trimestre de gestação. Alguns estudos revelam que a hidroginástica agrada os bebês, além de contribuir de forma positiva para o parto. Fazer caminhadas também é uma boa opção.

O professor de Educação Física e tutor do Portal Educação , Diesi Souza Ventura, alerta que é fundamental a liberação pelo médico obstetra, de preferência com a assessoria de um personal trainner especializado em grupos especiais. Caso nunca tenha praticado atividade física, mas pretenda dar início no período gestacional, o indicado é que se espere alguns meses e após o parto inicie sua atividade preferida. Ventura ressalta ainda que podem surgir casos que necessitam da interrupção imediata das atividades, daí a importância de um profissional habilitado para o acompanhamento dos exercícios.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Portal Educação

Clique aqui para ler este artigo na Portal Esporte