Analisando o uso da rede social nas empresas São José dos Pinhais, Paraná

Pesquisa indica que as empresas perdem uma média de 1,5% na produtividade total de seus empregados, por causa da navegação em rede social. Esse tempo ocioso seria responsável pela baixa lucratividade, argumenta o autor. Compreenda os detalhes da pesquisa.

Plug&Use - Informática
(45) 3039-5088
Rua Cuiabá 4926 - Bairro alto alegre
Cascavel, Paraná
 
Sofedit Indl Ltda
(41) 385-1399
av Joinville, 4200, Guatupe
São José dos Pinhais, Paraná
 
Trikon do Brasil
(41) 385-2363
r Tavares de Lyra, 1827, Afonso Pena
São José dos Pinhais, Paraná
 
Zrk Cons de Sistemas e Autom Ltda
(41) 282-4443
r Francisco Ferreira Machado, 35, Boneca Do Iguaçu
São José dos Pinhais, Paraná
 
Viga Tecnologia Ltda
(41) 382-7961
r Isabel, 720
São José dos Pinhais, Paraná
 
Tapajós Com de Gêneros Alimentícios e Rep Coml Ltda
(41) 382-4221
av Rui Barbosa, 1900, Ipê
São José dos Pinhais, Paraná
 
Gaia Com Rep Rolamentos Ltda
(41) 383-1664
r Padre Alberto Muller, 267, Cidade Jardim
São José dos Pinhais, Paraná
 
Univer do Brasil Ltda
(41) 382-4606
av Rui Barbosa, 3005, Guatupe
São José dos Pinhais, Paraná
 
Mega Brasil Consultoria e Treinamento em Gestão da Qualidade
(41) 383-1616
r Rita,Sta, 682, Cidade Jardim
São José dos Pinhais, Paraná
 
Funilaria Becker Beiger
(41) 385-2034
r Luiz Cordeiro, 1371
São José dos Pinhais, Paraná
 

Analisando o uso da rede social nas empresas

Viciados em FacebookUma pesquisa independente conduzida pela Nucleus Research afirma que as empresas que permitem que os funcionários naveguem pelo Facebook em horário de trabalho perdem uma média de 1,5% na produtividade total de seus empregados.

Segundo o levantamento, realizado com 237 funcionários de escritórios, quase metade dos empregados consultados e 77% dos usuários da rede social acessam o site durante horário de trabalho.

Ainda de acordo com a pesquisa, alguns funcionários chegam a gastar duas horas de trabalho por dia no site de redes sociais.

“Se sua companhia está enfrentando margens apertadas e baixa lucratividade, como muitas estão agora, então como você pode aceitar qualquer distração no trabalho que drene sua produtividade geral?”, questiona Rebecca Wettemann, vice-presidente de pesquisa da Nucleus.

“Apesar de não ser uma medida popular, restringir o acesso ao Facebook pode recuperar produtividade perdida. Se sua produtividade é de, por exemplo, 2%, isso pode ser a diferença entre continuar operando e fechar as portas.”

Dos que afirmam que usam o Facebook no trabalho, 87% não puderam identificar uma razão clara em termos de negócios para o acesso ao site, segundo a pesquisa.

Clique aqui para ler este artigo na Techlider